BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

Wladimir inicia governo escondendo dados e informações

Finalmente o campista começa a andar pelas ruas de Campos e já percebe que os buracos que o aterrorizavam em vias de grande movimento há anos, começam a ser tapados graças a uma força tarefa que a Prefeitura vem realizado em uma grande operação tapa buracos na cidade neste primeiro mês de governo.

Mas qualquer ser pensante sabe que não existe almoço grátis neste mundo de ilusões. Afinal, qual é a empresa que vem realizando a tapagem dos buracos? Como uma empresa realiza um serviço deste porte sem licitação? Qual o valor será pago ao final da operação tapa buraco? Quanto já foi pago até aqui? Como a empresa chegou até o prefeito Wladimir? Já que não houve tomada de preço e não há como saber se a empresa tem o menor preço do mercado. Afinal, porque todos esses dados não são revelados ao públicos e por qual motivo o contrato realizado com a empresa não foi publicado até o momento no Portal da Transparência do município?

- Advertisement -




Wladimir tem ido até as ações, e de maneira simbólica e elegante, tem cumprimentado os trabalhadores e publicado em redes sociais. A atitude do prefeito tem sido muito bem avaliada, já que demonstra certa preocupação e zelo com o serviço que está sendo feito.  Então não há motivos para não divulgar dados sobre a empresa responsável pelas ações.

Antes mesmo de assumir o cargo, no dia 9 de dezembro, Wladimir Garotinho anunciou que o senador Carlos Portinho iria encaminhar uma emenda ao munícipio no valor de R$ 5 milhões que seria destinada para obras de infraestrutura, onde preferencialmente seria realizada uma operação tapa buracos. Dias após o anúncio, Wladimir anunciou que o repasse havia sido reajustado para R$ 8,5 milhões.

Ao acessarmos o Portal da Transparência do Senado Federal, não há nenhum registro de repasse feito até o momento para o município de Campos, o que é normal, já que existe um trâmite a ser feito que pode demorar meses. Além disso, o Senado encontra-se em recesso, retornando o seu funcionamento normal na próxima semana. Mas o que nos chama atenção é que quando o valor for repassado ao município, ao que tudo indica a Prefeitura terá de realizar manobras jurídicas para repassar os valores para a empresa que vem realizando as ações emergenciais nas ruas da cidade.

Não existe nenhuma licitação para tapa buracos vigente. Não existiu tomada de preços, o que levanta suspeitas sobre qual tenha sido o critério de escolha da empresa. No site da Prefeitura de Campos não existe qualquer informação que diga qual a origem da empresa que começou a atuar na gestão de Wladimir em seu 7° dia útil de mandato, conforme matéria publicada pela subsecretaria de Comunicação.

Encaminhamos para a subsecretaria de Comunicação da Prefeitura de Campos, para o Senado Federal e para o senador Carlos Portinho, perguntas que pudessem esclarecer todos os questionamentos apontados na matéria, mas infelizmente não obtivemos respostas até o fechamento desta pauta. Também solicitamos cópias do contrato celebrado com a empresa responsável pela ação, já que não consta no Portal da Transparência, o que também não foi enviado.

Talvez a Comunicação não tenha obtido nenhuma resposta por ter tentado entrar em contato com o secretário de Obras do Município, Jorge Willian Cabral, e não com o famoso “Trator”, que segundo informações obtidas por nossa equipe, é quem de fato manda e desmanda na pasta mesmo sem ter nenhum cargo oficial por conta de condenações na justiça. Esse inclusive já teve até aparições em reuniões fechadas de secretariado e em fotos oficiais apresentando tabelas de obras para o prefeito Wladimir.

Em uma gestão que começa ocultando dados, usando fantoche para assinar documentos e com empresa que ‘ninguém conhece’ e ‘ninguém contratou’ fazendo benesse ‘de graça’, pode esperar que uma hora essa conta vai chegar.




Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.