BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

Wladimir incorpora personagem estilo Bolsonaro para criar cortina de fumaça e esconder crises

Diferente do seu antecessor, o prefeito Wladimir Garotinho vem tendo muito mais habilidade com as crises que enfrenta em seus primeiros dias de governo. Wladimir vem usando as redes sociais para criar cortinas de fumaça que encobrem crises e problemas que estão piores do que na gestão passada, atacando inimigos ocultos e criando situações imaginárias. Sempre com palavras fortes e de otimismo.

O Hospital da Baixada, tão criticado por Wladimir durante a gestão de Abdu Neme como secretário de Saúde, responsável por inaugurar a obra que se arrastava há quase uma década, neste domingo pela primeira vez desde a sua reforma a unidade amanheceu fechada por falta de médicos. Moradores de toda a Baixada Campista ficaram sem atendimento médico por falta de profissionais.

- Advertisement -




Enquanto isso, os servidores agonizavam por não sequer terem ideia de quando vão receber o pagamento referente ao mês de janeiro. Os RPAs, assim como no governo de Rafael Diniz, continuam sem receber pagamentos e sem nenhum comunicado oficial por parte do governo.

No Transporte Público, além do Instituto Municipal de Transito e Transporte (IMTT) não ter nem presidente, moradores de localidades mais afastadas estão sofrendo com a falta de transporte público, como é o caso de Serrinha. Durante a semana foram pelo menos três manifestações que interditaram a BR-101 em pontos distintos da cidade.

Todas as cidades de grande porte do Brasil já estão vacinando os idosos, Campos não conseguiu sequer vacinar todos os servidores que estão atuando no combate a covid-19. Não existe nem um calendário oficial de vacinação divulgado pela Prefeitura de Campos, não existe um planejamento, que até então seria a marca do atual governo.

Mas mesmo com todos os problemas graves listados, Wladimir foi até as redes sociais e atacou as “viúvas verdes e laranjas”, fazendo alusão aos aliados de Rafael Diniz e Bruno Calil, candidatos a prefeito na eleição de 2020. Não houve nenhum comunicado aos servidores ou moradores da Baixada, por exemplo. Wladimir incorporou o personagem Bolsonaro e decidiu ir para o ataque aos seus adversários. O próximo passo vai ser atacar a imprensa e tentar tirar a credibilidade de qualquer informação que seja contrária ao seus atos.

O discurso de Wladimir é tão incoerente quando ele diz que “As viúvas verdes e laranjas estão ouriçadas pois as boquinhas estão sendo fechadas”, que no Diário Oficial desta segunda-feira (08), foi publicado um termo aditivo contratual para a locação de um imóvel para o maior doador de campanha de Rafael Diniz, com valor de R$ 66 mil por 6 meses de contrato.

Além disso, nas últimas semanas o que não faltaram no Diário Oficial foram nomeações de pessoas que ocuparam cargos de confiança no governo de Rafael Diniz.

Pelo visto, a curta temporada curta em Brasília fez Wladimir aprender rápido o jeitão Bolsonarista de governar na gritaria. E quanto aos problemas do município, tem que mudar isso ai, taokey?! Como vai fazer? “Pergunta pro PT, ou pra Rafael”.




Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.