BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

Wladimir Garotinho: será que ele é?

Entre a cruz e a espada, o deputado Wladimir Garotinho ainda não decidiu se será pré-candidato a prefeito ou não. Mas pressão interna não está faltando para que ele defina o futuro do seu grupo político para o próximo pleito. Muitos temem que a demora para o anúncio de quem será o candidato do grupo liderado por Anthony Garotinho faça com que exista um efeito parecido ao que aconteceu com Lula e Haddad em 2018, onde o ex-presidente demorou a ‘desistir’ da candidatura e muitos acreditam que não houve tempo necessário para que a grande massa conhecesse quem era Fernando Haddad.

Em contato realizado na noite desta sexta-feira (07), o presidente do diretório municipal do PSD, Fábio Ribeiro, cravou que Wladimir será o pré-candidato do grupo Garotista na disputa pela Prefeitura de Campos. “Estive com o Wladimir hoje e juntos entendemos que caso não aconteça nenhuma aliança com outros grupos políticos, ele será o nosso representante na disputa. É um momento delicado que a cidade vive, onde devemos pregar a união não só no discurso, mas nas atitudes, e isso deve acontecer desde o período pré-eleitoral. Caso alguma das conversas que estamos tendo tenha algum avanço significativo, eu serei o pré-candidato”, afirmou Fábio.

No entanto, o deputado federal nega que tenha acontecido qualquer definição de quem será o candidato em qualquer cenário, com ou sem alianças políticas. “Não existe nada disso. Não foi definido quem será o nosso representante. Qualquer informação além disso é fofoca”.

O entendimento interno é que Wladimir teria condições de disputar uma eleição ‘sozinho’, já que é o principal nome da família Garotinho na cidade. No entanto, em sua ausência, aliados temem que outro representante não caia nas graças do eleitor, como aconteceu com o Doutor Chicão em 2016. Além disso, outros grupos políticos já ‘botam o bloco na rua’. O último foi o médico Bruno Calil, que anunciou a sua pré-candidatura, apadrinhado pelo deputado Rodrigo Bacellar. A confirmação da pré-candidatura própria do partido Solidariedade frustrou parte do grupo Garotista que tentava de qualquer forma uma aproximação com o partido.

Enquanto isso, faltando 100 dias para as eleições municipais, muita coisa ainda deve acontecer para movimentar o cenário político de Campos até as convenções, marcadas para o intervalo entre 31 de agosto e 15 de setembro.

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.