Wladimir dribla governo e leva diretores de hospitais ao ministro da Saúde

O deputado Wladimir Garotinho anunciou nesta quarta-feira (08), que articulou uma reunião entre os diretores dos hospitais de Campos com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. O encontro deve acontecer já na próxima semana, em Brasília, no Ministério da Saúde.

Entre as demandas levadas pelo deputado, estão a ampliação do convênio com o SUS para o financiamento de 11 bolsas integrais para Programas de Residência Médica Credenciados do Hospital Escola Álvaro Alvin; a publicação de portaria para concluir o processo de implantação de oito leitos de UTI no Hospital Beneficência Portuguesa. E, para o Hospital dos Plantadores de Cana, a habilitação de leitos de UTI neonatal e da Maternidade em Gestão se Alto Risco.




Nos últimos dias, Wladimir já havia encaminhado um ofício ao secretário estadual de Saúde para que o tomógrafo móvel fosse encaminhado ao Hospital Ferreira Machado, já que o equipamento que funcionava no local estava quebrado há cerca de 30 dias. O fato virou uma briga política, onde o secretário municipal de Saúde, Abdu Neme, quis polemizar e assumir a “paternidade” do pedido.

- Anúncios -
- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.