WLADIMIR: Discurso x Prática

O deputado federal Wladimir Garotinho(PSD) publicou nesta segunda-feira (13), um editorial no jornal carioca O Dia. No texto, Wladimir destaca a importância da luta contra a partilha dos royalties, que estará na pauta do STF em novembro.

Entre os argumentos expostos por Wladimir, está a situação caótica que o município de Campos enfrentará, caso a partilha seja aprovada. “Analisando em particular o caso de Campos, com a partilha atual, a folha de pagamento descumpriria o teto da Lei de Responsabilidade Fiscal, pois ao invés de utilizar 47% dos recursos para pagamento de pessoal, utilizaria 63%. Um verdadeiro desastre!”.




O texto é bem feito, expressa em palavras um discurso necessário. Porém, até o momento, não há nenhuma movimentação por parte de Wladimir, para uma aproximação ao presidente da OMPETRO e prefeito de Campos, Rafael Diniz, assim como com outros prefeitos de cidades produtoras do Petróleo. Fazendo justiça, também não houve movimentação por parte de Rafael Diniz em abrir o diálogo com o presidente da Frente em Defesa dos Municípios Produtores de Petróleo. Mas a briga é muito maior que Rafael e Wladimir.

A grande pergunta que fica é se a briga é pelos municípios ou para ser “o pai” da vitória no STF? Caso a decisão do STF seja contrária aos municípios produtores, Wladimir brigará também para ser ‘o pai’ do desastre das finanças do estado? Nessa briga, Rafael e Wladimir devem se contentar em serem apenas meros coadjuvantes, e não atores principais.

O discurso é bom, mas a atitude vale mais, deputado.

- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.