BLOG DO GUSTAVO MATHEUS

Opinião, artigos e bastidores da política

Vereadores: independência ou cargos

Toda véspera de ano eleitoral é a mesma coisa. Alguns vereadores que foram da base por quase 3 anos se movimentam e formam grupos pra exigirem mais cargos do prefeito. E esse ano não está sendo diferente.

Vereadores, todos com cargos no governo, decidem, de repente que serão independentes. Mas ninguém entregou os RPAs, DAS, chefias que possuem. Decidiram, parafraseando o parlamentar Neném, “que o governo não tem nada de bom pra falar”. Um interlocutor ainda disse que “a partir de agora eles são independentes e não votam mais com o governo. Só votarão a favor dos interesses da população”.




O que? Só agora? Vocês não estavam votando a favor da população? Mas que vergonha… Pior que o governo Rafael Diniz é esta Câmara de vereadores. Querem independência, excelências? Entreguem os seus malditos cargos.

Engraçado. Os caras empregam esposa, irmão, filhos, primos, cunhados, amantes, papagaios e piriquitos. E agora, sem entregar os cargos, com a família toda empregada na prefeitura, querem bater no peito e gritar independência? Que independência é essa? Há de se pagar o preço. Mas ao invés de morte, eles gritam: Independência ou cargos, mais cargos…

O governo é fraco, mas vocês são da base. Talvez aquele seu primo, cunhado e amante que não servem pra porcaria nenhuma em lugar nenhum esteja ocupando o lugar de alguém que poderia estar fazendo alguma coisa propositiva. Talvez, caro vereador, vossa excelência seja tão culpado quanto o governo que sempre fez parte.

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.