BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

Vereador Genásio: “Não existe fato relevante para criação de uma CPI da Saúde”

O vereador Genásio, líder do governo Rafael Diniz na Câmara, deu uma declaração no mínimo curiosa em uma entrevista nesta quarta-feira (07). Ao ser perguntado em um programa de Rádio se a bancada governista iria brigar para implantação de uma CPI da Saúde, Genásio afirmou “não existe fato relevante”. A fala de Genásio não pegou nada bem, soando até como deboche.

A declaração de Genásio nos faz entender muita coisa sobre o atual cenário do município. A primeira coisa é que visivelmente os vereadores da base da governo, em sua grande maioria, não estão nem ouvindo os anseios da população. A Saúde de Campos tem o maior orçamento de sua história, chegando na casa dos R$ 900 milhões. No entanto, nunca esteve em uma situação tão crítica, com tantas reclamações de pacientes e servidores. Aliás, se os vereadores da base do governo entendem que “não existem indícios” para uma investigação na Saúde de Campos, será que estão apenas alienados ou existe um jogo de interesses por ao fundo disso tudo?




Na tarde de terça-feira (06), menos de 24 horas antes da declaração de Genásio, o CREMERJ fez inspeção no HGG e no HFM. Entre as diversas irregularidades encontradas, 84 pacientes aguardavam cirurgias ortopédicas, incluindo um paciente que espera há dois anos por uma cirurgia. Além disso, faltava até mesmo saco de lixo no local, mostrando que é um caos generalizado.

Não são apenas os pacientes que estão sofrendo com a Saúde de Campos. Servidores também sofrem, inclusive estão em estado de greve por falta de condições de trabalho no setor. Em algumas UPH, faltam até luvas para atendimento e álcool para higienização.

Além disso, o ClickCampos vem publicando uma série de reportagens denunciando empresas irregulares que fornecem medicamentos e insumos ao município. Uma dessas empresas atuou até com dispensa de licitação, mesmo sendo proibida de fornecer ao serviço público.

Falando em licitação, o governo Rafael Diniz engaveta uma licitação de R$ 59 milhões para medicamentos e insumos há pelo menos 3 meses. Enquanto isso, vão adicionando valores em contratos vigentes. O tema será abordado em breve aqui no ClickCampos.

A fala de Genásio endossa o coro de que as CPIs vigentes na Câmara de Campos são apenas cortinas de fumaça. Cada vez que surgir algo contra o governo, os atores vão trazer assuntos relacionados a PreviCampos e FUNDECAM para a mídia.

Nesse enredo todo, o que podemos afirmar com toda certeza é que o governo Rafael Diniz escolheu um líder na Câmara que condiz com a atual gestão municipal. Provavelmente nenhum outro vereador representaria tão bem o governo Rafael Diniz. Talvez seja por isso que os índices de rejeição beiram a casa dos 90%, mas ai já é outra história.

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.