BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

Vereador enfim percebe que a situação é complicada para quem busca reeleição: ‘eu to mal pra car****’

Um áudio circulou nos grupos de WhatsApp nesta quarta-feira (08), onde o vereador José Carlos faz uma análise – digna de um cientista político – sobre o desempenho dos vereadores em uma enquete, sem o mínimo caráter científico, que vinha sendo divulgada nas redes durante os últimos dias. O áudio foi encaminhado para o grupo dos vereadores, só que por alguma obra do acaso, foi vazado.

O vereador iniciou o longo áudio falando que sabia que a enquete não tinha nenhum embasamento cientifico e não servia para nada, inclusive lembrou que teve vereador que não fez nem esforço para participar da enquete. Mas ele não mediu esforços para demonstrar o tamanho e a força do seu grupo político.

Segundo Zé Carlos, ele ligou para amigos, conhecidos, lideranças políticas, chamou a família, convocou os nove filhos, noras, genros, fez um mutirão, aglomerou todo mundo (tomara que todos de máscara), botou a rede para trabalhar. Teve gente até com mil pessoas no ‘zap zap’ espalhando. O vereador não se contentou e ligou pessoalmente.

O domingo em família foi com um único objetivo: ligar e pedir votos para a enquete que perguntava qual vereador merecia ser reeleito. E Zé não parou. Foi de 10 da manhã até ás 23h, até que ele chegou a conclusão que é uma das mais sinceras que já ouvimos na Planície Goitacá:

— Eu cheguei a conclusão que eu to mal pra caralho! Muito mal, muito mal, muito mal, porque que eu to mal? Por que somando todo mundo que falou que votou, daria 5 mil pessoas. Eu tive na última eleição 2.966 votos. Na enquete eu tenho 20% do que eu tive na última votação. Isso é preocupante pra todos nós (vereadores). Nesse cenário ai, o desgaste é grande -, concluiu Zé Carlos.

Mas apesar de muita gente ter levado o áudio de Zé Carlos na brincadeira, o vereador foi sensato nas palavras e na análise. Principalmente quando ele conclui dizendo; “É preciso que a gente analise onde estamos errando. Essa pesquisa que aparentemente não vale de nada, mas ela está mostrando pra nós (vereadores) que temos que prestar atenção aos anseios da população. Eu estou preocupado!”, concluiu.

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.