Banner-720x91_1.gif

‘Tudo indica que ele não me quer como vice’, diz Mourão sobre candidatura de Bolsonaro em 2022

-

Informe publicitário

Nesta segunda-feira (10), o vice-presidente Hamilton Mourão declarou que o atual presidente Jair Bolsonaro não deve optar por ele para seguir como seu vice nas eleições de 2022. O general evitou afirmar se irá ou não disputar uma vaga no Senado Federal nas próximas votações. As informações foram apuradas pelo Metrópoles.

“Por enquanto acompanho o presidente Bolsonaro, eu fui eleito para ser vice-presidente dele até 31 de dezembro do ano que vem”, disse Mourão em entrevista ao UOL.

“Tudo indica que ele não me quer como vice, mas eu também não vou morrer por causa disso. Eu continuo a ser general da reserva, a minha rede lá do posto 6 tá pronta, me aguardando. Então, a vida continua”, continuou.

General ainda declarou sobre a possibilidade de Bolsonaro se filiar ao seu partido, o PRTB e Mourão disse não saber. Na última sexta-feira (7), o vice-presidente havia dito que existe a possibilidade “bem grade” de que o presidente se junte ao partido.

- Informe Publicitário -

“A Executiva nacional [do PRTB] está debatendo esse assunto. Eu não vou dar um grau, mas vejo como uma possibilidade bem grande isso aí”, manifestou em ocasião.

Atualmente, partido não tem representantes no Congresso Nacional. Somando com o vice-presidente, outros 13 deputados estaduais estão espalhados por oito estados e mais seis prefeitos.

O presidente Jair Bolsonaro já está a um ano e meio sem partido político e vem conversando com a família Fidelix, com a possibilidade de se filiar a sigla para disputar as próximas eleições presidenciais. Uma das exigências de Bolsonaro é para ter o controle dos direitos estaduais do partido.

- Informe Publicitário -

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Informe Publicitário -

MAIS LIDAS

Leia tambémRELACIONADAS
Destaques