Destaque

TAXA DE ILUMINAÇÃO: Em entrevista ao vivo, Rafael diz que revisões podem acontecer também em residências

O programa Balanço Geral desta sexta-feira (19) contou com a participação do prefeito de Campos Rafael Diniz (PPS). Ao vivo, ele respondeu as perguntas do apresentador Alexandre Tadeu sobre a Contribuição de Iluminação Pública (Cosip). O prefeito lembrou que, desde o dia 05 deste mês, foram detectadas distorções nas cobranças dos consumidores dos setores comercial e industrial. “Essas distorções serão corrigidas e, além disso, estaremos disponibilizando uma equipe para cuidar dos casos residenciais com algum tipo de distorção. Mas a maior parte das queixas está no comércio”, disse o prefeito.

SAIA JUSTA

Durante a entrevista, houve uma saia justa quando o prefeito lembrou que o apresentador Alexandre Tadeu, que hoje faz duras críticas ao governo, foi aliado da ex-prefeita Rosinha Garotinho. “Fomos vereadores juntos e votou favorável a venda do futuro. E sabe quanto a Prefeitura pagou só no ano passado de juros dos empréstimos? Mais de R$ 40 milhões. Com esse valor seria possível arcar com todas as despesas da iluminação pública, por exemplo. Entre ser covarde e fazer o que acho justo e correto, vou fazer o que considero correto. Não vamos empurrar os problemas com a barriga”, frisou.

SAÚDE

Ao ser perguntado sobre o Hospital São José, Rafael lembrou que será inaugurado nos próximos meses, uma obra que se arrasta há 7 anos. “Vamos concluir essa obra, assim como entregamos o Hospital de Travessão, obra que também foi abandonada pela gestão passada”, disse o prefeito.

LIMPEZA PÚBLICA

Quando o assunto foi limpeza pública, “Reduzimos o contrato de limpeza pública pela metade e, com isso, os serviços foram reduzidos, mas estamos trabalhando para melhorar o atendimento à população”.

PROGRAMAS SOCIAIS

Ao ser perguntado sobre os programas sociais como Cheque Cidadão, Passagem Social e o fechamento do Restaurante Popular, Rafael garantiu que os programas devem ser retomados ainda em 2018, “Sobre os programas, mais do que oferecer, temos que qualificar. O cheque cidadão se transformou no cartão cooperação, que será retomado, e o restaurante popular vai voltar remodelado”, afirmou.

Comente com o seu Facebook

To Top
error: Conteúdo protegido.