Suspeito de envolvimento na morte de casal de tatuadores baleado em carro de aplicativo é detido

Um homem suspeito de envolvimento na morte do casal de tatuadores baleado dentro de um carro de aplicativo foi detido nesta segunda-feira (22) em Macaé, no interior do Rio. De acordo com a Polícia Militar, com ele foram apreendidas uma pistola e 19 munições.

Ainda de acordo com a PM, a ação foi realizada após buscas para tentar identificar o autor do crime.




O casal Luiza Barbosa Pereira, de 20 anos, e Renan da Silva Pereira Abade, de 19, foi atingido na cabeça e tórax deste domingo (21) no bairro Aterrado do Imburo. O motorista do carro também foi baleado.

De acordo com a Polícia Civil, as vítimas estavam na companhia de outro casal na hora do crime. Segundo as investigações, houve uma desavença entre os casais e os suspeitos sacaram as armas e balearam os tatuadores e o motorista.

O suspeito e todo o material apreendido foram levados para a 123ª Delegacia de Polícia, onde o caso foi registrado.

- Anúncios -
- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.