SJB monitora pandemia para definir novo decreto

-

- Siga o nosso Instagram -

Na próxima terça-feira, 1º, a Prefeitura de São João da Barra publica novo decreto para atualizar as medidas de prevenção e combate à Covid-19. O decreto atual, em vigor desde o dia 17 deste mês, vai até segunda-feira e nele constam a obrigatoriedade do uso de máscara facial em espaços públicos e ambientes compartilhados, regras de distanciamento e proibição de aglomerações. O secretário municipal de Saúde, Sávio Saboia, reiterou o pedido à população para que continue cumprindo as medidas dos decretos e portarias, a fim de evitar que seja necessário o aumento das restrições, causando impacto na economia do município.

A preocupação das autoridades públicas de saúde se deve ao aumento do número de casos e óbitos em várias regiões, incluindo o Estado do Rio, e ao surgimento de novas variantes do coronavírus no Brasil, como a indiana — confirmada em um morador de Campos dos Goytacazes que estava no país asiático a trabalho.

- Informe Publicitário -

— A situação atual no país requer cuidados redobrados para que possamos conseguir frear o avanço da pandemia. Seguimos monitorando a situação no município e no entorno, atuando com políticas públicas de prevenção, de tratamento, mas é fundamental que cada cidadão faça a sua parte, contribuindo para evitar a disseminação do vírus — disse o secretário.

São João da Barra tem atualmente 857 casos ativos da doença, segundo boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na noite de sexta-feira-feira, 28. Há 23 pessoas internadas no Hospital de Campanha Covid-19, sendo 14 em leitos de UTI.

Fiscalização – Agentes da Vigilância Sanitária Municipal e da Secretaria Municipal de Segurança Pública seguem realizando ações de fiscalização em todo o município, a fim de assegurar que sejam cumpridas as medidas que constam dos decretos e portarias da Prefeitura. A atuação tem sido intensificada para coibir festas clandestinas, que não estão autorizadas. Os responsáveis pelos eventos têm sido notificados. Também segue a fiscalização nas praias, praças e nos estabelecimentos de comércio e serviços, que estão autorizados a funcionar, mas com horários e regras de distanciamento e higienização determinadas por portarias específicas.

- Informe Publicitário -

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Informe Publicitário -

MAIS LIDAS

Leia tambémRELACIONADAS
Destaques