Sistema da Prefeitura de SJB é invadido por hackers e fica fora do ar

O sistema interno da Prefeitura de São João da Barra foi tirado do ar na segunda-feira, 8, por volta das 11h30, ao ser invadido por hackers. De acordo com a Secretaria Municipal de Fazenda, os serviços administrativos amanheceram criptografados e com acesso negado. O ciber, com mensagem em inglês, pediu ‘resgate”  de 5 mil bitcoins (dinheiro eletrônico) para liberar senha de restabelecimento. O caso foi registrado na 145ª Delegacia de Polícia do município.

“Todas as providências estão sendo tomadas para sanar o problema, como formatação dos servidores e restauração do backup, que é feito na nuvem. Nenhum dado foi violado. O sistema deve ser restabelecido nesta quinta-feira, 11”, explicou o secretário, Allan Barcellos.

O invasor é um vírus. O Ransomware é um tipo de software nocivo que restringe o acesso ao sistema infectado com uma espécie de bloqueio e cobra um resgate em criptomoedas para que o acesso possa ser restabelecido. O primeiro relato documental deste tipo de ataque foi em 2005, nos Estados Unidos. “Não pagamos resgate e acionamos a polícia”, disse o secretário de Fazenda.

Casos semelhantes foram registrados em prefeituras de estados como Mato Grosso, São Paulo e Rio Grande do Sul. Esse tipo de ação de bandidos cibernéticos pode resultar em dois crimes: invasão de dispositivo informático, mais extorsão. A pena para extorsão é de prisão de quatro a dez anos. Já o outro crime tem pena de reclusão de até um ano e multa.

- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.