fbpx

#SigaOCLICK

Sinead O’Connor diz que nunca perdoará governo da Irlanda por morte de filho

MAIS LIDAS

CAMPINAS, SP (FOLHAPRESS) – A cantora Sinead O’Connor se pronunciou novamente sobre o filho, Shane O’Connor, de 17 anos, encontrado morto na última sexta (7) em Wicklow, na Irlanda. Ela usou o perfil no Twitter neste sábado (8) para exigir que o governo irlandês assuma a responsabilidade pela tragédia.

“Eu acabei de identificar formalmente os restos mortais do meu filho, Shane. Que Deus perdoe o Estado irlandês porque eu nunca irei”, tuitou.

- Advertisement -

Ela afirma que a agência irlandesa Tusla, de proteção e assistência para crianças, adolescentes e família, tenta apaziguar a situação. “Eu vou tirar um tempo para passar pelo luto do meu filho. Quando eu estiver pronta, vou falar exatamente como o Estado irlandês por meio dos formulários ignorantes, cruéis, egoístas e mentirosos da Tusla e o HSE [hospital] permitiram e facilitaram sua morte.”

A cantora afirma que, há um mês, o filho tinha sido levado para o CAMHS [Serviços de Saúde Mental para Crianças e Adolescentes da Irlanda] após sumir deixando uma carta de suicídio, dando detalhes sobre seu funeral. Ela conta que ele foi dispensado sob a justificativa de que os planos não eram reais. “Quando objeções foram levantadas, informaram que ‘planejar um funeral não é diferente de planejar um casamento’.”

“Eu já fui casada diversas vezes e posso dizer para o CAMHS que planejar o funeral do meu filho não é nem um pouco similar a planejar o casamento dele. O que, agora, nunca mais irá acontecer. Porque você é impróprio para o seu propósito.”

“Meu lindo filho Nevi’im Nesta Ali Shane O’Connor, luz da minha vida, decidiu encerrar sua luta terrena e agora está com Deus. Que ele descanse em paz e ninguém siga seu exemplo. Meu bebê, eu te amo muito. Por favor, fique em paz”, escreveu a cantora, ao anunciar a morte do filho.

Segundo o jornal Daily Mail, o jovem estava desaparecido desde o início da semana e foi visto pela última vez na sexta (7). Na quinta (6), no Twitter, Sinead O’Connor fez um desabafo na rede social contra o hospital em que o filho estava internado após duas tentativas de suicídio, e sinalizou que processaria a unidade pelo desaparecimento de Shane.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mais notícias