SEFAZ realiza operação contra empresas fantasmas em Campos e região

A Secretaria de Fazenda do Rio (Sefaz-RJ) realizou a ‘Operação Maçarico III’ nesta quinta (11) e sexta (12) para fiscalizar suspeitas de empresas de fachada no Rio.

No distrito de Bacaxá, em Saquarema, na Região dos Lagos, foram encontradas uma igreja e uma empresa de serviços onde deveria haver um estabelecimento de produtos minerais.




Além de Saquarema, a fiscalização ocorreu na capital e nas cidades de Belford Roxo, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Japeri, na Baixada Fluminense; São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio; Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense; Bom Jesus do Itabapoana, Itaperuna e Porciúncula, no Noroeste Fluminense; Nova Friburgo, na Região Serrana; além de Resende, Itatiaia e Porto Real, no Sul Fluminense.

Segundo a Sefaz-RJ, a operação foi montada para fiscalizar 34 empresas que supostamente são de fachada.

De acordo com a Secretaria, mais de R$ 1,1 bilhão em notas fiscais foram emitidas por essas empresas sem operação de venda.

A Sefaz-RJ informou que as empresas forneceram créditos de ICMS para outros estabelecimentos. O valor transferido de créditos por esses contribuintes chega a R$ 122 milhões.

Segundo a secretaria, entre as empresas investigadas, 30 não foram encontradas nos endereços que constam do cadastro da Secretaria de Fazenda.

Ainda de acordo com a Sefaz- RJ, caso as irregularidades nas empresas sejam comprovadas, os estabelecimentos serão impedidos preventivamente de atuar e, posteriormente, terão a inscrição estadual cancelada, conforme prevê a legislação.

- Participe -
- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.