fbpx

#SigaOCLICK

São Paulo visita o América-MG precisando vencer e fazer contas pela Libertadores

MAIS LIDAS

Depois de um Brasileirão decepcionante, o São Paulo ainda tenta fechar 2021 com uma vaga nas primeiras fases do torneio que mais gosta de jogar: a Copa Libertadores. Para isso, depende de uma série de combinação de resultados, que começa por uma vitória sobre o América-MG, nesta quinta-feira, no Independência, às 21h30, em duelo válido pela última rodada do Nacional.

O São Paulo iniciou a atual temporada perto de ser campeão brasileiro de 2020. Porém, o time de Fernando Diniz acabou acumulando seguidos tropeços e deixou o título com o Flamengo. Hernán Crespo chegou e, com a conquista do Paulistão, surgiram também as esperanças por dias melhores. Mas, no Brasileiro, a história foi bem diferente e o clube tricolor, mais uma vez, brigou contra o rebaixamento.

- Advertisement -

A salvação veio, de fato, somente na penúltima rodada, quando venceu o Juventude por 3 a 1 e chegou aos 48 pontos. É bem verdade que muito se deve à torcida, que com a liberação do público aos estádios, lotou o Morumbi em apoio à equipe. Livre da Série B em 2022, volta a sonhar com a Libertadores. Mas é preciso uma série de combinações para que isso se torne possível.

Garantido na Copa Sul-Americana, é imprescindível para o São Paulo vencer o América-MG nesta quinta. O time paulista é o 13º com 48 pontos, enquanto o rival mineiro, último time dentro da zona para o torneio continental, ocupa a 8ª colocação, com 50. O máximo que o São Paulo consegue é assumir a posição do América-MG, já que não consegue ultrapassar o Fluminense (7º) pelos critérios de desempate.

As contas não param por aí. É necessário que o Santos não derrote o Cuiabá, que o Ceará não vença o Palmeiras e que o Internacional tropece para o Red Bull Bragantino. Além disso, o Atlético-GO precisa necessariamente cair diante do Flamengo. Em caso de empate entre os rubro-negros, o São Paulo precisaria vencer o América-MG por, pelo menos, dois gols de vantagem.

O técnico Rogério Ceni, apesar de melancólico em seu último discurso, em que deixou vago se continuará no comando da equipe em 2022, terá um retorno importante para a partida decisiva. O volante Luan está de volta após dois meses tratando problemas na coxa. A baixa fica por conta de Gabriel Sara, que machucou o joelho direito contra o Juventude. Luciano, Liziero e Arboleda estão suspensos e nem viajaram a Belo Horizonte.

Do outro lado, o América-MG prepara uma verdadeira festa para não deixar os tricolores sonharem. Estádio cheio e festas nas ruas com direito a DJ e bebida alcoólica são esperadas em Belo Horizonte para o duelo. Afinal, vale uma vaga nas primeiras fases do torneio continental, já que o São Paulo é um concorrente direto nessa disputa.

Assim como fora de campo, nos vestiários a empolgação também é grande. O técnico Marquinhos Santos exaltou sua equipe no duelo com o Ceará, em que conseguiu buscar um importante empate em plena Arena Castelão com mais de 50 mil torcedores. Na reapresentação, o comandante optou que seus titulares fizessem trabalhos regenerativos para estarem em condições de enfrentar os paulistas. Também foram treinadas jogadas de bola parada e finalização.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mais notícias