Rodrigo Bacellar responde ao ‘jogo sujo’: “Ao invés de mimimi tinham que trabalhar pra colocar Campos em ordem”

O deputado estadual Rodrigo Bacellar utilizou as redes sociais para rebater o que alcunhou como “jogo eleitoreiro sujo”.

O parlamentar afirma saber de onde vem e do que se trata a fake news. Segundo Rodrigo, as manobras começaram após a ventilação do seu nome à Prefeitura de Campos. Confira a nota na integra abaixo:

JOGO ELEITOREIRO SUJO. ATÉ QUANDO?

Desde ontem fui comunicado por amigos que esse “print” estaria circulando os grupos de whatsapp de Campos, minha terra natal e principal base eleitoral.




Poderia afirmar aqui que estou surpreso, mas a verdade é que eu já esperava que isso viesse a acontecer.

Bastou meu nome começar a ser ventilado para a sucessão municipal, o que por enquanto posso afirmar ser mera especulação, que a campanha difamatória de jogo sujo e torpe começou a ser plantada contra a minha pessoa.

Aos meus amigos, eleitores e adversários, deixo CLARO:

Não esperem que eu entre nesse jogo mesquinho. Se para alguns prevalece o VALE TUDO ELEITORAL, para mim prevalece a ética, o fair play e a dignidade.

No que diz respeito aos que criaram a mensagem, fiquem cientes que vou tomar providências cíveis e criminais contra o criador dessa fake news, que será facilmente identificado pela Polícia Civil. Pode aguardar em casa as intimações criminais e a ação por danos morais que vou ajuizar semana que vem.

Aos demais criadores de factóides, fiquem cientes que não adianta jogar o celular fora, trocar de número, entre outras artimanhas, pois a tecnologia da polícia científica é fenomenal, tem condições de achar qualquer um. Não se engane achando que terá seu anonimato, pois a lei vale para todos, inclusive os covardes.

E fiquem cientes que não hesitarei em processar cada um dos que tentarem macular minha imagem, pois minha trajetória é limpa, e assim pretendo permanecer até o fim dos meus dias.

Quanto ao criador dessa falsa mensagem, ele é correligionário de um político de Campos, que está no poder, e provavelmente está agindo a seu mando. Não vou revelar seu nome no momento em razão das providências cíveis que tomarei, por estratégia do meu corpo jurídico.

E quanto ao pleito municipal em 2020, não entendo o motivo de tamanha preocupação. Reafirmo que não tomei nenhuma decisão sobre ser ou não candidato, ou sobre eventual apoio a qualquer outro colega.

Como já afirmei antes, o período é de trabalho e conversas, não de especulações. Ao invés de ficar de “mimimi”, todos tinham que trabalhar pra tentar colocar Campos em ordem, pois nosso município não pode ficar como coadjuvante no cenário nacional.

Ações como essas só me deixam cada vez mais convicto que não posso me misturar com certos grupos políticos, que não aprenderam que a velha política (em especial esta de intrigas e mentiras) está em extinção.

No mais, excelente final de semana a todos.

- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.