fbpx

#SigaOCLICK

Rio registra um caso da variante Mu

MAIS LIDAS

O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, confirmou que a cidade do Rio tem um caso da variante Mu, identificado ainda em junho. A Mu ainda é classificada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma variante de ‘interesse’, e não de ‘preocupação’.

Segundo Soranz, a variante Delta é quem domina absolutamente os casos de variantes identificados na cidade. Corresponde a mais de 95% dos casos. “A gente identificou há um tempo atrás, foi um paciente que viajou ao México, não é um caso de transmissão local, mas ela existiu, foi diagnosticada. A gente sabe também que variante Delta domina o mapa de variantes”, afirmou.

- Advertisement -

A fala de Soranz rendeu brincadeiras do prefeito Eduardo Paes. “Mu é gado, aqui não vai vingar”, brincou, em referência ao apelido dado pela opoisção aos apoiadores irrestritos do presidente Jair Bolsonaro.

A primeira linhagem da nova variante no Brasil havia sido detectada em Cuiabá, durante a realização da Copa América. “A variante Mu tem uma constelação de mutações que indicam propriedades potenciais de escape imunológico. Dados preliminares apresentados ao Grupo de Trabalho de Evolução do Vírus mostram uma redução na capacidade de neutralização de soros de convalescentes e de vacinados semelhante à observada para a variante Beta, mas isso precisa ser confirmado por estudos adicionais”, disse o relatório na época da identificação do primeiro caso.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mais notícias