Politica

REVIRAVOLTA: Após prisão de André Corrêa, Flávio Bolsonaro diz que seu partido poderá lançar candidatura própria à presidência da Alerj

Após a prisão de André Corrêa (DEM), o senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL) disse há pouco que seu partido poderá lançar candidatura própria à presidência da Alerj.

Confira abaixo a nota oficial assinada por Flávio, presidente estadual do PSL no Rio de Janeiro:

“A bancada do PSL na Alerj vinha debatendo apoiar a candidatura de André Corrêa (DEM) para a presidência da Casa, até então o nome mais viável para derrotar a chapa composta por PT e MDB. O mesmo encontrava-se no exercício do seu mandato e a bancada do PSL desconhecia os fatos revelados nesta quinta-feira (8), em operação deflagrada pela Polícia Federal.

Agora, os deputados estaduais do PSL buscarão uma outra alternativa para a presidência da Alerj e não está descartada a possibilidade de candidatura própria.

É fundamental a Alerj estar alinhada com o evidente recado das urnas e derrotar a chapa PT-MDB, até porque muitos dos deputados que compõem esse grupo integram a base de apoio do governo Pezão, anteriormente Cabral, responsáveis pelos maiores escândalos de corrupção no Estado do Rio de Janeiro.

A bancada do PSL reafirma que jamais compactuará com o crime organizado nem com as práticas do toma lá da cá da velha política.

Conquistamos nossos mandatos com a confiança do voto popular, trabalhamos para fazer política e não para fazer negócios.”

Comente com o seu Facebook
REVIRAVOLTA: Após prisão de André Corrêa, Flávio Bolsonaro diz que seu partido poderá lançar candidatura própria à presidência da Alerj

To Top
error: Conteúdo protegido.