Campos

Representantes das entidades se reunirão com Rafael para discutir reajuste da taxa de iluminação pública

Presidentes de entidades representativas de classe de Campos terão nesta sexta-feira (19), às 18hs na sede do Executivo Municipal uma reunião com o prefeito Rafael Diniz, quando estará em pauta o polêmico aumento da contribuição da iluminação pública em Campos, cobrada simultaneamente, no mesmo boleto, com o consumo individualizado pela concessionária ENEL.  Nesta quarta-feira (17), se reuniram o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Campos (CDL), Joilson Barcelos; o vice-presidente Regional da FIRJAN, Fernando Aguiar, o presidente da Associação Comercial e Industrial de Campos (ACIC), José Lobo Escocard, o presidente do Sindicato do Comércio Varejista Roberto Viana dos Santos, o diretor da Carjopa, Luiz Carlos Chicri e o representante do Sindicato do Comércio Farmacêutico, Orlando Portugal, para discutir a pauta do encontro com o prefeito que obviamente vai ser centralizada neste reajuste.

Houve um consenso de que o reajuste está fora dos parâmetros e que foi mal recebido não só pelos empresários, mas pela população em geral.

– É lógico que qualquer reajuste não é bem recebido. Mas alguns são compreensíveis e queremos compreender esse aumento tão robusto da iluminação pública. Nosso objetivo é mostrar ao prefeito o grande descontentamento de todos com esse aumento e se possível ajudá-lo a encontrar uma solução para esse problema- disse o presidente da CDL, Joilson Barcelos.

O presidente da ACIC, José Lobo Escocard também foi enfático em considerar o reajuste inapropriado, sendo seguido pelos demais representantes das entidades representes na reunião. Nenhum dos representantes quis comentar o risco de um embate judicial caso não se encontre um denominador comum para essa equação.

– Apostamos em um acordo em que o beneficiário seja a população. Então neste momento não vamos comentar nenhuma possível medida adicional, já que seremos recebidos pelo prefeito Rafael Diniz- concluiu Joilson Barcelos.

Comente com o seu Facebook

To Top
error: Conteúdo protegido.