Regiões dos Lagos e Serrana do Rio criam barreiras sanitárias

-

- Siga o nosso Instagram -

Os municípios das regiões dos Lagos e Serrana do Rio de Janeiro criaram barreiras sanitárias para evitar o fluxo de pessoas nas cidades durante o período de dez dias de feriados antecipados entre a sexta-feira (26) e o domingo de Páscoa (4). Os feriados antecipados foram o de 21 (Tiradentes) e 23 (São Jorge) de abril, para os dias 29 e 30 de março; os dias 26, 31 de março e 1º de abril  viraram feriados que emendam com o dia  2 de abril (sexta-feira santa). Além disso os fins de semana de 27 e 28 de março e 3 e 4 de abril também foram antecipados.

Região Serrana

Na Região Serrana, o município de Teresópolis montou barreiras sanitárias nos principais acessos à cidade. A medida vai funcionar até o dia 5 de abril. Só tem permissão de entrar os moradores e proprietários de imóveis na cidade; pessoas que trabalham no município ou que tenham, comprovadamente, reserva em unidades hoteleiras; fornecedores da administração municipal e participantes de procedimentos licitatórios e concursos públicos; profissionais da área de saúde e assistentes sociais, bem como, a entrada de veículos responsáveis pelo abastecimento de materiais, insumos e commodities de todos os setores, principalmente, saúde, alimentação, limpeza e higiene.

- Informe Publicitário -

Todas essas pessoas devem portar documentos para a comprovação do enquadramento, como por exemplo o carnê de IPTU, o comprovante de residência, o documento de identidade fornecido por órgão de classe, as ordens de compra, editais de licitação e comprovante de inscrição em concurso público.

Região dos Lagos

Em Maricá, na Região dos Lagos, também desde ontem as medidas de restrições estão em vigor. A prefeitura decidiu pelo fechamento de vias públicas e a implementação de barreiras sanitárias em dias de feriados e fins de semana, para reduzir o deslocamento e o fluxo de pessoas não moradoras da cidade em respeito aos protocolos de segurança sanitária.

São oito barreiras localizadas em pontos estratégicos de acesso, entre eles o Bairro do Espraiado, local que costuma atrair muitos turistas.

Ainda em Maricá está proibida a permanência em locais públicos de lazer como praias, lagoas, praças e parques, exceto para a prática de atividades físicas individuais, além de ser proibida a permanência de indivíduos nas vias, áreas e praças públicas no horário de 23h às 5h.

- Informe Publicitário -

Regiões dos Lagos e Serrana do Rio criam barreiras sanitárias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS LIDAS

Leia tambémRELACIONADAS
Destaques