Rafael quer Wladimir e Wladimir quer Rafael

 

Quem conhece um pouco de política e de pesquisa sabe que um dos principais pontos a se atentar é a rejeição, que quanto mais alta menor é o crescimento. Hoje, o rei do teto curto é o prefeito Rafael Diniz, seguido pelo deputado federal Wladimir Garotinho, muito devido ao seu sobrenome e na capacidade desaglutinadora de seu pai, Anthony Garotinho.

O fato faz com que ambos queiram enfrentar um ao outro, devido a maior chance de vitória em um provável segundo turno. E o comportamento de ambos os grupos revela esse “desejo” mútuo. Embora adversários ferrenhos diante do grande público, há uma certa união, coordenada ou não, para atacar qualquer terceira via que possa vir aparecer.




Caio Vianna e Rodrigo Bacellar, nomes que aparecem na pesquisa como opção para terceira via, já se viram na mira de ambos os grupos em episódios distintos.

Embora jamais admitam publicamente, no duelo dos “rejeitados”, Rafael quer Wladimir e Wladimir quer Rafael.

- Participe -
- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.