BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

Rafael Diniz: “Eu descobri que sou um bom gestor”

Na última quarta-feira (28), publiquei aqui neste espaço que o Prefeito Rafael Diniz havia convocado seus DAS para uma reunião na Prefeitura de Campos, onde muita expectativa foi gerada, inclusive pelos mais pessimistas que aguardavam um anúncio do corte de 30% nos pagamentos.

Porém, quem foi na reunião ficou sem entender muito bem, ou até mesmo, desconfiou que houve uma “mudança de pauta”. Todos desconfiaram da pauta da reunião, que consistiu em pedir apoio ao projeto do Novo Transporte Público, onde ficou parecendo um certo improviso por parte do prefeito frente ao auditório lotado de DAS.  Para piorar, mesmo tendo sido anunciado como ‘presença confirmada’, o prefeito inicialmente não iria comparecer ao encontro, mas foi convencido a ir ao encontro.




Para que ele não tivesse que ser o ‘cavaleiro do apocalipse’, dando uma notícia ruim aos seus comandados, ele preferiu elogiar o presidente do IMTT, Felipe Quintanilha, a quem ele definiu como ‘herói’. “Admiro a coragem do Quintanilha. Tenho total convicção que se fosse outro secretário já teria pulado do navio há muito tempo”.

Rafael pediu comprometimento de todos os DAS, para que o ‘time’ chegue a virada. “Está sentado aqui é por que quer, ninguém é obrigado a estar aqui”, inclusive relembrou o episódio em que noticiamos com exclusividade que ele havia dito para os secretários que quem não estivesse contente poderia sair do local.

Sobre o afastamento das ruas, Rafael assumiu que foi um erro, mas justificou o seu ‘desaparecimento’ por estar trabalhando demais. “Um grande erro foi não ter falado muito com a população. Mas ou eu ficava falando com a população ou administrava essa cidade. Eu descobri, com toda humildade, que eu sou um bom gestor. Mas bom mesmo eu sou na rua, no corpo a corpo e olhando nos olhos da população”, finalizou.

Pelo tom de ‘improviso’ na reunião, suspendendo a pauta inicial, os DAS devem ficar atentos aos próximos passos do prefeito, e principalmente, ao discurso que o governo adotará de agora para frente. Ficou claro durante a reunião que Rafael está ‘surpreso’ com a queda de R$ 111 milhões na arrecadação do município em 2019. Para bom entendedor, uma desculpa é um atraso.

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.