Rafael Diniz decreta contingenciamento de despesas e suspende alguns tipos de pagamentos

O Diário Oficial desta sexta-feira (12) trouxe o contingenciamento de todas as despesas do município devido a uma queda de R$ 60 milhões na arrecadação dos royalties até aqui em 2019. Com o contingenciamento, ficam suspenso os pagamentos de férias, licenças prêmio, horas extras e a concessão de diárias em toda a administração municipal.

Se a relação com os servidores já não era boa, agora possivelmente ficará mais complicada ainda. Mas mostra que mais uma vez não há planejamento de gestão, já que se existe uma queda na arrecadação dos royalties do petróleo, não seria natural um “perdão de dívida” de grupos empresariais como o IMNE, onde possivelmente o valor da dívida era superior aos R$ 60 milhões de queda em royalties.

Confira abaixo o decreto publicado:

- Anúncios -
- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.