BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

Quem quer ser um presidiário?

Famoso mundo a fora, o programa “Quem quer ser um milionário” saiu das telinhas direto para as telonas, inclusive saindo de Hollywood com 8 estatuetas dos Oscars. Mas ninguém imaginou que uma emissora de Campos fosse ter tamanha “criatividade e ousadia” para lançar a sua versão goitacá também nas ondas do rádio, quase um spin off.

Composto basicamente por ex-presidiários, alguns sob liminar, o programa conta tecnologia de ponta. Tornozeleiras à prova d’água, com dispositivo alto falantes e GPS de última geração, além de iPhones 10 plus X motherfucker, adquiridos nos tempos áureos das vacas gordas, quando Cepop e Cidade da Criança faziam a alegria e conta bancária do grupo, por exemplo. Com apenas um condenado no estúdio, os demais ex-detentos se comunicam por telefone, e não é por causa do Lockdown, mas sim porque alguns não podem pisar no município, e devem respeitar os limites das fronteiras.

O spin off semanal promete muita adrenalina e emoção, já que conta com o retorno de um dos primeiros governadores dos 4 já presos à rádio campista. E, ao que tudo indica, para ajudar a alavancar a pré candidatura do seu filho mais velho, o príncipe palaciano, Wladimir Garotinho, o deputado amigo de um futuro ex-presidiário, o Governador Wilson Witzel, que fez questão de ser o primeiro a ligar e congratular o papai.

Se na versão famosa do programa quem tiver maior conhecimento vai avançando ao acertar as perguntas, na versão baixaria campista não precisa ser nenhum gênio dos conhecimentos gerais pra acertar que o tema das próximas semanas vai ser o príncipe e o papai que quer voltar a ser rei criticando o ex-aliados Witzel e Pastor Everaldo, que até ontem estendiam a mão para eles com cargos, espaços e advogados.

Aguardemos os próximos episódios.

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.