A Sondagem Industrial do Rio de Janeiro, divulgada este mês pelo Sistema Firjan aponta queda da atividade produtiva das indústrias do Norte Fluminense.

De acordo com os dados apresentados na pesquisa, o indicador de número de empregados atingiu 32,2 pontos, reflexo da fraca atividade das fábricas. A sondagem é um levantamento de opinião empresarial e os indicadores possuem uma variável entre zero e cem pontos. Os valores abaixo de 50 indicam pessimismo ou redução e acima de 50 pontos representam otimismo ou aumento. Vale ressaltar que é o quinto mês consecutivo que o volume de produção recua.

Apesar dos números, os empresários entrevistados acreditam numa melhora do desempenho da indústria.  Existe uma expectativa de aumento da demanda por produtos industriais e da compra de matéria-prima. Para o mercado de trabalho, a expectativa também é otimista, com aumento no número de empregados. Por outro lado, ainda não há sinais de retomada dos investimentos, o que pode atrapalhar todo esse pensamento positivo.

Vamos aguardar e ver o real impacto disso na geração ou na diminuição das vagas de emprego.