Campos

Projeto de Escola Militar é apresentado ao prefeito Rafael Diniz

O prefeito Rafael Diniz recebeu, nesta segunda-feira (5), do comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM/Campos), tenente-coronel Fabiano Santos de Souza, o projeto para implantação do Colégio Militar, em uma unidade da rede municipal de Campos, nos moldes de Niterói. A reunião aconteceu no Centro Administrativo José Alves de Azevedo (CAJAA) e teve ainda a presença do comandante da Guarda Civil Municipal, Fabiano Mariano; o superintendente de Paz e Defesa Social, Darcileu Amaral; o Chefe do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M) da Superintendência de Defesa e Paz Social, Bruno Viana; e equipe da Polícia Militar.
— É uma grande honra para Campos receber um projeto como este e, principalmente, por ter sido escolhido como pioneiro no interior do Estado. Vamos encaminhar o projeto para a Secretaria Municipal de Educação e Procuradoria Geral do Município para que entendam a realidade técnica e legal. No ano de 2017, realizamos muitas ações na área da Educação e neste ano de 2018 e nos próximos, iremos avançar ainda mais — disse Rafael Diniz.
O projeto inicial contempla dependentes de Guarda Civil Municipal (GCM), Polícia Militar e a comunidade em geral, com ingresso através de processo seletivo e reserva de vagas. O corpo docente será formado por Guardas e PMs formados na área. O comandante do 8º BPM, Fabiano Souza, informou que a unidade de Campos oferecerá ensino do 6º ao 9º ano, do Ensino Fundamental, e ressaltou que a unidade de Niterói alcançou média de 6,9, no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Outra observação foi com relação ao material e uniforme escolar que serão custeados pelos pais ou responsáveis dos estudantes.
— Campos foi escolhido para ser pioneiro na implantação deste projeto, fora da região metropolitana, por ser um município polo do Norte Fluminense e sediar o maior Batalhão de Polícia Militar, além do aspecto populacional — frisou o comandante que aproveitou a oportunidade para mostrar ao prefeito os dados do 8º BPM/Campos no ano de 2017, que ficou em primeiro lugar na redução dos índices de violência em todo o Estado do Rio de Janeiro.
O superintendente de Paz e Defesa Social, Darcileu Amaral, se reunirá, nos próximos dias, com o secretário de Educação, Brand Arenari, para análise e adequações para efetivação do projeto, dentro de uma das unidades indicadas pela Polícia Militar.
— No projeto constam laboratórios, quadras esportivas e número específico de salas de aula. Ainda neste mês de fevereiro, vamos fazer uma visita à unidade de Niterói, para conhecer de perto o funcionamento de um Colégio Militar —disse Darcileu.
Comente com o seu Facebook

To Top
error: Conteúdo protegido.