Destaque

Professora é presa por obstruir investigações sobre morte do marido; Polícia não descarta que ela tenha o envenenado

Foi presa na manhã desta segunda (26), a professora Ana Raquel Sardinha, viúva do petroleiro identificado apenas como Marcos, que morreu no último dia 19. Segundo a Polícia, Ana Raquel teria atrapalhado as investigações, sumindo com luvas e seringas que possivelmente foram utilizadas para intoxicar o seu marido.

O crime aconteceu no apartamento do casal, no condomínio Recanto das Palmeiras, no Parque Rodoviário, em Campos.

Ana Raquel sempre foi conhecida como uma pessoa tranquila. Ela dava aula na rede municipal de ensino, e tinha bom relacionamento com algumas autoridades da cidade. Em seu perfil em uma rede social, Ana exibe fotos em festas particulares junto com o então secretário de Governo de Campos, Anthony Garotinho, com o presidente da Fundação Municipal da Infância e Juventude, Thiago Ferrugem e com a vereadora Auxiliadora Freitas. Familiares e amigos ficaram surpresos em saber que a jovem pode ter envolvimento com o crime.

A suspeita foi encaminhada par a 134ªDP/Centro, onde prestou depoimento e em seguida foi encaminhada para o presídio feminino de Campos.

Foto: Reprodução/FacebookFoto: Reprodução/Facebook Foto: Reprodução/Facebook

Comente com o seu Facebook

To Top
error: Conteúdo protegido.