Procon multa SBT em quase R$400 mil por publicidade infantil com Maísa

SBT está sendo multado pela Fundação Procon-SP no valor de R$ 387.360. O motivo são as inserções comerciais direcionadas às crianças que a marca Dolly fez em um canal do Youtube criado para a personagem Juju Almeida, interpretada pela atriz Maísa Silva na nova “Carinha de Anjo” (no ar entre 2016 e 2018).

A queixa foi feita em 2017 pelo programa Criança e Consumo, do Instituo Alana, que tem como princípio zelar pela proteção à criança na TV e na Publicidade. O SBT irá recorrer da decisão.

- Advertisement -

Os perfis das personagens da novela foram criados nas redes sociais pelo SBT para ajudar a alavancar a audiência de “Carinha de Anjo”.

O problema, segundo o que fontes do Instituto Alana afirmaram ao F5, da Folha de S. Paulo, seria a aparição proposital e repetida do mascote da marca Dolly em certos enquadramentos feitos nos vídeos.

O canal da Juju contava com mais de 1,2 milhão de inscritos e era direcionado a crianças.

Publicidade infantil: as crianças entendem que estão vendo anúncios?

Casos como esse do SBT nos fazem refletir sobre a importância de mantermos as crianças afastadas desse tipo de conteúdo comercial, a fim de que não se tornem pessoas exageradamente consumistas.

Porém, qual é o entendimento de crianças em relação ao volume de conteúdos publicitários a que são expostas na televisão, internet, na rua e nos espaços públicos?

Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal do Ceará, Instituto de Cultura e Arte, e Grupo de Pesquisa da Relação Infância, Juventude e Mídia, em parceria com a Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça (Senacon/MJ), investigou a compreensão da criança sobre a publicidade.

- Participe -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.