Procon de Campos divulga itens que não podem ser cobrados na lista de material escolar

O Procon/Campos está disponibilizando uma relação dos itens proibidos nas listas de material escolar. De acordo com o órgão, as escolas, além de não poderem exigir materiais que são considerados de uso coletivo, também não podem cobrar a compra de marcas específicas e nem locais indicados para aquisição do material, com exceção das apostilas pedagógicas próprias da unidade escolar.

De acordo com a secretária executiva do órgão, Priscilla Grace, os pais têm direito ao acesso livre à lista de material escolar, podendo comprar onde melhor lhes convier, inclusive, adquiri-los coletivamente com os pais de outros alunos. “Dessa forma se consegue produtos mais baratos, já que alguns estabelecimentos concedem descontos para compras em grandes quantidades”, revelou a secretária executiva.

- Advertisement -

Lista de alguns dos materiais que não podem ser cobrados dos alunos:

Álcool hidrogenado ou em gel

Água mineral

Agenda escolar específica da escola

Algodão

Argila

Balde de praia

Balões

Bastão de cola quente

Bolas de sopro

Caneta para lousa

Carimbo

Clips

Copos descartáveis

Cotonetes

Creme dental

Elastex

Esponja para pratos

Estêncil à álcool e óleo

Fantoche

Fita dupla face

Fita para impressora

Fitas decorativas

Fitilhos

Flanela

Garrafa de água

Giz branco ou colorido

Grampeador

Isopor

Jogos que não sejam de conteúdo pedagógico

Lenços descartáveis

Livro de plástico para banho

Maquiagem

Marcador para retroprojetor

Material de escritório

Material de limpeza

Medicamentos ou materiais de primeiros socorros

Palito de churrasco ou de dente

Papel higiênico

Papel ofício colorido

Piloto para quadro branco

Pratos descartáveis

Pregador de roupas

Sabonete ou saboneteira

Sacos de presente

Sacos plásticos

Tonner para impressora

Trincha

Xampu

- Participe -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.