BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

Prefeitura publica chamamento para aquisição de 1000 testes rápidos para coronavírus

A Prefeitura de Campos, através da Secretaria Municipal de Saúde, publicou nas edições do Diário Oficial desta segunda (23) e terça (24), chamamento público emergencial para compra de 1.000 kits de teste rápido para Covid-19, novo agente do coronavírus. Esta é mais uma medida adotada pelo Gabinete de Crise da Prefeitura de Campos para enfrentamento à pandemia declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O município tem um caso confirmado de coronavírus e outros 14 suspeitos sendo investigados e acompanhados pela Vigilância em Saúde.    
O kit deve ser aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e de entrega imediata. Os testes rápidos vão reforçar os kits já enviados ao município pelos governos estadual e federal. A entrega das propostas deverá ser feita até as 23h59 do dia 25 de março (quarta-feira).
A Prefeitura, na última semana, também publicou em D.O., chamamento público emergencial para compra de diversos equipamentos de UTIs adulto/pediátrica de alta complexidade, como: ventiladores pulmonares, monitores multiparamétricos, bombas infusoras. A entrega das propostas deverá ser feita até as 23h59 desta terça, 24 de março.
São sintomas de coronavírus: febre e dificuldade para respirar (em casos graves);
Prevenção: Limpe as mãos frequentemente com álcool gel ou água e sabão, cubra o nariz e a boca com um lenço ou o cotovelo ao tossir e espirrar e evite ficar muito perto (um metro) de pessoas com sintomas semelhantes a um resfriado ou gripe.
As unidades referenciadas pela Prefeitura para o atendimento inicial a possíveis vítimas são: o atendimento inicial nas unidades de referência: Unidades Pré-Hospitalares (UPHs) de Guarus, São José (Goitacazes), e de Travessão e a UPA  (Unidade de Pronto Atendimento).
PRINCIPAIS MEDIDAS ADOTADAS PELA PREFEITURA DE CAMPOS PARA CONTER O CORONAVÍRUS
1 – Criação do Centro de Combate ao Coronavírus (CCC), no novo prédio da Sociedade Portuguesa de Beneficência de Campos.
2 – Fechamento de todos os estabelecimentos comerciais entre os dias 23 de março e 5 de abril, com exceção dos que comercializam alimentos, água, gás e combustível.
3 – Definição de novo horário de funcionamento dos hipermercados, supermercados e mercados, incluindo atacados, atacarejos, lojas de conveniência e afins, que passam a funcionar de segunda a sábado das 8h às 20h, suspendendo suas atividades aos domingos.
4 – Suspensão, até o dia 5 de abril, do atendimento presencial ao público nos bancos, casas lotéricas, agências de créditos e afins, ficando permitido o atendimento para pagamento de benefícios sociais, seguro desemprego e FGTS e o funcionamento dos terminais de autoatendimento.
5 – Definição de novo horário para expediente interno nos órgãos públicos municipais, que passa a ocorrer das 9h às 13h.
6 – Restrição no horário de funcionamento das feiras livres, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas e centros de abastecimento de alimentos, lojas de conveniência, lojas de venda de alimentação para animais, distribuidores de gás, lojas de venda de água mineral e padarias, que ficam autorizados a funcionar das 7h às 19h.
7 – Suspensão das atividades de caráter eletivo de clínicas, consultórios, laboratórios e estabelecimentos congêneres.
8 – Suspensão das atividades da construção civil, permitindo-se apenas os serviços de reparos emergenciais.
9 – Criação de quatro barreiras sanitárias em acessos ao município.
10 – Proibição no corte do fornecimento de água por tempo indeterminado.
11 – Prorrogação no prazo de vencimento das contas de água dos consumidores que pagam a tarifa social e pequenos comerciantes.
12 – Garantia de aumento de 15% no consumo médio de água do consumidor sem aumento do custo.
13 – Criação do Gabinete de Crise, que coordena e define ações de enfrentamento ao coronavírus.
14 – Aquisição de novos materiais para as unidades de saúde.
15 – Suspensão das aulas na rede municipal por 15 dias desde o dia 16 de março.
16 – Suspensão de todos os eventos culturais e esportivos, eventos públicos e cursos oferecidos pelos órgãos da Prefeitura de Campos.
17 – Fechamento das repartições municipais ao atendimento público até o dia 31 de março.
18 – Prorrogação no prazo de pagamento dos débitos municipais com vencimento até 31 de março. O contribuinte terá 7 dias para pagar após o retorno das atividades normais.
19 – Redução em 50% da capacidade de locação dos veículos do transporte público.
20 – Determinação, no transporte público, de que só circulem veículos em que seja possível abrir as janelas, garantindo a circulação de ar.
21 – Suspensão por 15 dias dos atendimentos ambulatoriais na rede municipal de Saúde a partir de 16 de março.
22 – Suspensão por 15 dias das cirurgias eletivas na rede própria e contratualizada, com exceção das cirurgias oncológicas e cardiológicas, a partir de 16 de março.
23 – Limpeza, por equipe da Secretaria de Desenvolvimento Ambiental, do pavimento das unidades de saúde, em seu entorno e nos pontos de ônibus.
24 – Autorização para que a Secretaria Municipal de Saúde faça a relocação de médicos para suprir a demanda da população em caso de necessidade.
25 – Garantia de estoque de insumos da área de Saúde, como máscaras, luvas e material de limpeza, para priorizar o atendimento dos casos urgentes.
26 – Realização de nova licitação para a compra de novos insumos hospitalares.
27 – Liberação dos servidores municipais considerados de grupo de risco (acima de 60 anos, gestantes, pacientes oncológicos e imunocomprometidos) sem corte de salário.
28 – Suspensão do recadastramento anual dos servidores do PreviCampos no mês de aniversário.
29 – Criação de uma sala de apoio na Vigilância Epidemiológica para acompanhar casos de coronavírus e possíveis isolamentos.
30 – Parceria com a UPA para atendimento de casos suspeitos.
31 – Intensificação da fiscalização aos estabelecimentos comerciais para evitar preços abusivos e venda de produtos de procedência duvidosa.
32 – Manutenção do atendimento no Núcleo de Auditoria, Controle e Avaliação para pacientes de Oncologia, Hemodiálise e Cateterismo.
33 – Manutenção das viagens de pacientes que necessitam de Tratamento Fora do Domicílio, para oncologia e revisão pós-operatório.
34 – Orientação de funcionários para reforçar o uso consciente dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e o fluxograma de atendimento para possíveis pacientes com sintomas da doença.
35 – Em janeiro, primeiras reuniões na Secretaria de Saúde para elaboração do protocolo de atendimento.
36 – Reunião no início de fevereiro com diretores de hospitais para definir protocolo de atendimento.
37 – Capacitação dos profissionais do Hospital Ferreira Machado, Hospital Geral de Guarus, UPHs, UBSs e UPA, no dia 2 de março.
38 – Realização de mesa redonda com médicos na Sociedade Fluminense de Medicina e Cirurgia.
39 – Formação de equipe de Educação Continuada para atuação diretamente com os profissionais nas unidades de saúde.
40 – Divulgação de ações através de redes sociais, portal e carros de som, especialmente no interior.




Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.