BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

Prefeitura pretende fechar o HGG e fazer intervenção na Beneficência; direção da Instituição é contra

O ClickCampos traz com exclusividade, detalhes de uma negociação envolvendo a Prefeitura de Campos e o Hospital Beneficência Portuguesa. O prefeito Wladimir tem como projeto para apresentar antes dos 100 dias de governo o fechamento do Hospital Geral de Guarus (HGG) para uma reforma geral. Com isso, a Prefeitura faria uma intervenção na Beneficência Portuguesa e assumiria totalmente o comando do hospital.

No entanto, os moldes da negociação não tem agradado a direção do hospital contratualizado, que encaram uma intervenção como uma grande violência contra a instituição histórica de Campos. Em reunião durante a semana, representantes da Beneficência deixaram claro que são contrários a qualquer intervenção que seja realizada na instituição por parte do município. Caso isso aconteça, serviços que acontecem no hospital seriam suspensos, o que acarretaria em cerca de 600 demissões, o que não é de agrado da direção.

- Advertisement -

Como contrapartida, foram disponibilizados para a Prefeitura 60 leitos clínicos e três salas de cirurgia e seis leitos de UTI. Além do ‘CCCC’, que vem funcionando como o principal polo de tratamento da covid-19 em Campos.

Representando a Prefeitura, estavam os médicos Paulo Hirano, Victor e Maninho, que deixaram claro que com o fechamento do HGG, a Beneficência precisará se tornar o principal polo de atendimento da chamada “zona vermelha”, junto ao Hospital Ferreira Machado (HFM), recebendo pacientes em estado grave e emergência.

A direção da Beneficência se prepara juridicamente para não aceitar nenhuma intervenção da Prefeitura no Hospital, mas está disposta a realizar parceria, assim como já funciona o ‘CCCC’ no local. Até o momento não há nenhuma definição sobre o futuro da negociação.

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS