Polícia prende mulher que comprou celular que foi roubado de universitária vítima de estupro

Uma mulher que comprou o celular que foi roubado da estudante de psicologia vítima de estupro na última semana em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, foi presa nesta quinta-feira (9).

Segundo a Polícia Civil, a mulher comprou o celular por R$ 120 da namorada de um dos suspeitos encontrados mortos ao lado de um bilhete.




Um bilhete com a frase “Tha ai os 2 que estrupou a mulher Andresa (sic)” foi achado perto dos corpos de dois homens no Jardim Peró no sábado (4). A polícia concluiu na quarta-feira (7) que os homens eram os estupradores.

Andreza Nascimento, de 21 anos, vítima do abuso, fez o reconhecimento na segunda-feira (6), mesmo dia em que a polícia conseguiu imagens de câmeras de segurança que ajudariam nas investigações.

A polícia procura pelo terceiro homem que também praticou o crime.

De acordo com a delegada Juliana Rattes, da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), onde o abuso é investigado, a prisão da mulher que comprou o celular aconteceu durante diligencias em busca do terceiro homem.

Ainda segundo a polícia, os agentes foram até a casa de uma adolescente que é namorada de um dos suspeitos encontrados mortos ela informou que havia vendido o celular para uma amiga.

Os policiais procederam então até a casa de mulher que comprou o celular e ela apresentou o aparelho.

“Verificamos o IMEI [número de identificação do aparelho] e constatamos que realmente se tratava do aparelho da Andreza. Diante disso, a mulher foi presa em flagrante por receptação e o telefone foi recuperado”, informou a polícia.

Segundo a polícia, a namorada do suspeito pode responder por fato análogo ao crime de receptação, por ser menor de idade.

- Anúncios -
- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.