BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

Perguntar não ofende…

Como que uma pessoa que faliu uma empresa que tinha o monopólio do transporte público na linha Campos/SJB, é designada para reestruturar todo um sistema de transporte de uma cidade do tamanho de Campos? Essa pessoa não conseguiu gerir uma única empresa, que sequer tinha concorrência, mas tinha enorme demanda, e fez a empresa fechar as portas em sua gestão.

Como alguém que não cumpriu os princípios básicos do edital, vem agora querer cobrar algo dos que cumpriram? Aliás, como alguém que não cumpriu sequer o prazo dado pelo Ministério Público para se explicar, quer cobrar que os permissionários tenham paciência?




Esses questionamentos nem mesmo o prefeito Rafael Diniz consegue responder, pelo menos não de maneira sincera. E pior do que isso, vai para o pior caminho possível que é o do confronto. Não existe diálogo por parte do governo. O governo aceita apenas a “sua versão” dos fatos, ignora o apelo da população e faz o que quer.

A gestão Rafael Diniz será marcada na história de Campos como a que menos ouviu as necessidades da população, seja da classe mais baixa até a mais alta. Passageiros e permissionários estão insatisfeitos com o novo modelo, assim como a maior parte da população, mas a todo momento a Prefeitura, através da sua Superintendência de Comunicação, tenta vender a imagem de algo inexistente, como se não houvesse problemas no transporte público, e que todas as reclamações são acasos. Para a atual gestão, a população nunca está certa em nenhum assunto, todas as reclamações são casos isolados ou por influência de grupos políticos.

O Transporte Público serve para o governo entender de uma vez por todas que a crise que a cidade enfrenta não é apenas por más gestões no passado e queda de arrecadação. A culpa da piora no transporte público é apenas da incompetência e incapacidade de gerir uma cidade. Temos que torcer que Campos não tenha o mesmo futuro que uma empresa de ônibus teve.

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.