fbpx

#SigaOCLICK

Pela 1ª vez Campos entra na fase branca

MAIS LIDAS

Pela 1º vez, desde o início da pandemia da covid-19, Campos entra na Fase Branca. O Gabinete de crise da Covid-19 se reuniu na manhã desta segunda-feira (22), quando ficou decido que o município entra na Fase Branca do Plano de Retomada das Atividades Econômicas e Sociais.

O secretário municipal de Saúde Paulo Hirano destacou a importância da vacinação, lembrando que países da Europa precisaram voltar a decretar lockdown devido à falta de vacinação de um grande grupo de indivíduos.  Hirano destacou que a atenção do município precisa continuar se voltando para a vacinação do maior número possível de pessoas e também na utilização da proteção individual, que é a máscara.

“Eu queria destacar que a guerra ainda não acabou, justamente por isso: mesmo vacinados, a gente pode ter Covid. E ainda tem muita gente que não se vacinou. De cada 10 pessoas que estão internadas, nove não foram vacinados”, destacou o subsecretário Charbel.

Ele informou que, no verão, a praia do Farol terá reforço na testagem, devido ao aumento de circulação de pessoas neste período do ano. Charbel fez questão de ressaltar que é importante manter a vigilância e os cuidados, porque na Alemanha, por exemplo, após a calmaria semelhante a que Campos vive no momento, os casos voltaram a crescer. Mais uma vez, o subsecretário fez a exposição de mitos e verdades sobre a vacina, assim como na última reunião.

Durante a reunião, também foi destacada a manutenção da obrigatoriedade da utilização do uso de máscaras. Segundo o subsecretário, é importante aguardar o resultado das comemorações de fim de ano para se liberar ou não a permissão para não utilização do acessório de proteção.

Na última sexta-feira (19), o município divulgou o Boletim Coronavírus, com os dados acumulados de seis dias. O boletim trouxe a informação que foram zeradas as internações por Covid-19 nos leitos clínicos das redes pública e privada.

FASE BRANCA

Permanecem mantidas as determinações e liberações constantes do Nível 2 ou Fase Verde, contemplando as seguintes modificações:

1. Contempla a ausência de restrições de maneira generalizada, sendo que, a depender das atividades e das autoridades em saúde, serão avaliadas proibições ou determinação pontuais.

2. A realização de shows e eventos dependerá de análise individual, conforme regramento a ser estabelecido pela Superintendência de Entretenimento e Lazer, ficando vedada a marcação de data, divulgação, promoção, qualquer publicidade e, especialmente, a venda antecipada de ingressos, sem a autorização expressa para a realização do evento, ainda que se trate de evento sem público.

3. Liberação de aulas no Ensino Infantil, Fundamental, Médio e Superior, incluindo as estaduais e federais.

4. Liberação do atendimento presencial nos estabelecimentos comerciais estabelecidos em centros comerciais e shoppings fechados, que deverão ter controle de entrada e saída, de maneira a manter o distanciamento entre pessoas de no mínimo 2 metros.

5. Liberação de parques infantis, em estabelecimentos específicos dessa atividade, bem como no interior de outros estabelecimentos comerciais, observado o controle de capacidade, a evitar aglomeração e manter o distanciamento entre pessoas de, no mínimo, 2 metros.

6. Liberação do funcionamento de cinemas, com capacidade máxima de 50%, mantido o distanciamento entre pessoas de, no mínimo, 2 metros. Deverá, ainda, haver a higienização de todos os assentos, entre uma sessão e outra.

7. Fica autorizado o funcionamento de clubes recreativos e espaços de lazer e ambientes correlatos. (Redação dada pelo Decreto nº 365/2020)

Fonte: Ascom

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mais notícias