Banner-720x91_1.gif

Paulo Gustavo é velado em cerimônia restrita a familiares e amigos próximos

-

Informe publicitário

O corpo do ator Paulo Gustavo foi velado no RJ. Segundo a assessoria do ator, que morreu na última terça-feira (4), aos 42 anos, a cerimônia será restrita a parentes e amigos próximos.

O ator morreu após quase dois meses internado em um hospital da zona sul do Rio, devido a complicações da Covid. Antes da confirmação de morte, a equipe médica já tinha classificado seu quadro como irreversível.

- Informe Publicitário -

“Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante”, afirmava o último boletim médico.

O ator foi internado no dia 13 de março e respondeu bem ao tratamento. Porém, no dia 2 de abril, seu estado piorou e ele passou a respirar com a ajuda de ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), uma espécie de pulmão artificial.

Nos dias seguinte, a equipe médica identificou uma fístula broncopleural, espécie de comunicação anormal entre os brônquios e a pleura, que foi corrigida. Paulo Gustavo também teve que receber uma transfusão de sangue, segundo seu marido. Dias depois foi realizada uma toracoscopia, na qual uma nova fístula broncopleural foi identificada e corrigida. “Todos os profissionais têm se empenhado incessantemente pela sua recuperação”, afirmou boletim médico divulgado no último dia 11.

No último domingo (2), o ator apresentou uma melhora e chegou a interagir com a equipe médico e o marido, Thales Bretas, mas seu estado de saúde ficou frágil e o artista acabou não resistindo.

- Informe Publicitário -

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Informe Publicitário -

MAIS LIDAS

Leia tambémRELACIONADAS
Destaques