Na véspera do início do triangular final da Série B do Carioca, bati um papo bacana com o treinador do Campos Atlético Associação, o excelente técnico Rafael Soriano!

1- Agora com as datas definidas como anda a preparação do Roxinho para o triangular final?

” Nossa preparação vem desde que acabou a Taça Corcovado, o grupo vem treinando para chegar bem no triangular, mesmo perdendo muito o ritmo nesse tempo parado.”

2- Para esta primeira partida diante do Nova Iguaçu, que é o campeão do primeiro turno, oque esperar deste grande duelo?

“Podemos esperar um grande jogo já que enfrentaremos um grande adversário, campeão de turno fora de casa.”

3- Qual a mudança para o clube a para os torcedores do Campos com o jogo sendo realizado no Aryzão?

“Lógico que gostaríamos de ter nosso caldeirão nesse momento, já que não há essa possibilidade o Aryzão nos dá a oportunidade  de contar também com o apoio  de todo torcedor campista nos ajudando nesse momento a representar a cidade.”

4- Como você enxerga a eliminação do Americano  do Campeonato? Na sua opinião, teve interesses extra campo?

“A gente lamenta pelo ocorrido por tudo que o clube vem fazendo, por ter conquistado dentro de campo, especialmente pelo grande trabalho que João e os jogadores vinham fazendo, a eliminação foi definida pelo tribunal e não cabe a nós julgarmos o certo ou errado.”  

5- Caso o Roxinho suba, o clube já possui alguma logística programada para a série A?

“Nosso foco agora é voltado todo para buscar o acesso, por isso ainda não pensamos em série A, primeiro ainda temos que buscar passo a passo, dentro de campo.”

6- Para o clube qual o impacto da perda de jogadores importantes como Junior Pagode e Piu?

“Perdemos jogadores importantes, nesse momento temos um elenco muito reduzido e todo jogador passa a ser de extrema importância, mas contamos com os que estão trabalhando forte no dia a dia e querendo.”

7- Na sua opinião qual o time mais preparado para este triangular final?

“O Nova Iguaçu chega forte por ter estrutura para ter se mantido ao longo dessa paralisação, por ter tido condição de fazer uma ótima preparação com vários amistosos contra equipes grandes.”

8- O Roxinho se tornou o único representante da cidade na luta pelo acesso a primeira divisão do carioca de 2017. Existe uma certa pressão por parte do clube e da torcida ou ambiente no momento é bem tranquilo?

“O ambiente continua tranquilo como sempre Graças a Deus! Cumprimos todo planejamento até aqui e estamos bem tranquilos quanto ao futuro.”

9- Um último recado para o torcedor do Campos.

“Que o torcedor não só do Roxinho mas toda população de Campos possa nos apoiar e ajudar a representar a cidade nesse triangular e conseguir fazer a cidade ter um representante na série A em 2017.”

Comente com o seu Facebook