Foto: Divulgação

O padre Alfredo Rosa Borges, o famoso padre do caso “o padre nu de Miracema”, voltou a ser foco da mídia novamente essa semana, quando foi divulgado que o padre fará um teste psicológico em Belo Horizonte,MG, e poderá voltar a exercer a função de padre ainda em 2016. As informações são do Jornal Terceira Via, que entrevistou o Bispo de Campos, Dom Roberto Ferrería. Confira abaixo:

“Este ano ele vai fazer tratamento psicológico e terapêutico. Ele pode ser reintegrado, mas não por enquanto. Ele vai começar um acompanhamento com turmas de religiosos que fazem este tratamento restaurativo para resolver as incapacidades e os defeitos. O padre Alfredo estava sem governo e tem que se curar, senão ele não pode voltar”, comentou o Bispo de Campos, Dom Roberto Ferrería.

Ainda segundo o bispo, o padre afastado continua em uma cidade da Região dos Lagos – que não teve o nome divulgado – até a viagem para Minas Gerais. Atualmente, ele participa de missas como fiel. “Tenho avaliado os relatórios e conversado com o padre Alfredo por telefone. Tudo indica que ele está reagindo bem. Sobre esta nova fase que ele vai começar em março, ainda não sabemos quanto tempo vai durar. Vai depender de como ele vai reagir. Depois disso tudo, vamos reavaliar o caso”, finalizou o bispo.

 

Comente com o seu Facebook