Operação prende suspeitos de torturar e manter adolescente em cárcere privado

Agentes das polícias Civil e Militar realizaram na manhã desta terça-feira (1º) a quarta fase da Operação Guadalajara em Guarus, subdistrito de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense.

Segundo a Polícia Civil, a ação teve o objetivo de prender sete suspeitos de envolvimento no caso de tortura e cárcere privado de uma adolescente e cinco pessoas foram presas, entre elas um homem apontado pela polícia como chefe do tráfico de drogas no bairro Terra Prometida.

Ainda de acordo com a Civil, as investigações apontam que os suspeitos participam do tráfico da região e o ataque à adolescente foi motivado pela desconfiança de que ela teria envolvimento com um traficante da facção rival.

“O procedimento foi instaurado aqui na delegacia e o inquérito policial foi rapidamente apurado. Agora, em menos de três semanas, já estamos com quase todos os indivíduos presos, já são cinco mandados de prisão cumpridos. O crime encontra-se cabalmente esclarecido e vale frisar a prisão do indivíduo conhecido como Rato, que segundo nossas informações e levantamentos de inteligência, é chefe do tráfico local”, disse o delegado Pedro Emílio Braga.

Os presos foram encaminhados para a 146ª Delegacia de Polícia de Guarus.

Fonte: G1.

- Participe -
- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.