BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

O show de erros da Prefeitura de Campos que culminaram com o novo lockdown

A Saúde no município de Campos chegou ao colapso nesta sexta-feira (19), após 100% das UTI’s públicas e privadas estarem ocupadas e 17 pessoas aguardarem uma vaga, entre elas quatro crianças. O Prefeito Wladimir Garotinho anunciou na manhã de hoje um novo lockdown, que chega tarde e com muitos erros, falta de exemplo e com ruídos de informação.

Antes de mais nada, em momento algum o governo cita a palavra ‘lockdown’. Wladimir não quer ter desgastes, assim como Rafael teve. O prefeito anunciou apenas ‘o fechamento total do comércio e o retorno á fase vermelha’, mas esquece a palavra em inglês. A equipe do prefeito acredita que a palavra pode causar revolta com comerciantes e grupos ligados a movimentos de direita. Para piorar, medida foi anunciada em um auditório lotado, com quase 100 pessoas aglomeradas em um ambiente fechado na Prefeitura na Campos. Um péssimo exemplo!

- Advertisement -

O mais incrível é que a imprensa toda sabia que o lockdown seria divulgado hoje. Na última quarta-feira (17), nós já havíamos noticiado aqui no ClickCampos que o lockdown seria anunciado nesta sexta-feira. O que ninguém entende é que se o governo já via a necessidade de um lockdown naquele momento, porque esperar o sistema de Saúde colapsar? Mais uma vez seria a preocupação com a justificativa a ser dada para a população para evitar desgastes político?

Pior do que isso é o fato de que nesta quinta-feira (18), o secretário de Saúde de Campos, Adelsir Barreto, que ninguém nunca viu e nem ouviu falar, afirmar para veículos da imprensa campista que um novo lockdown estava descartado na cidade. “Estamos comprometidos com o retorno da economia, mas a gente precisa fazer isso com responsabilidade e dar garantia, em primeiro lugar, para a vida.(…) não tem nenhuma intenção de lockdown nesse momento”, disse o secretário ao Jornal Terceira Via, mostrando total desconhecimento da situação real que o município estava enfrentando.

O momento é crítico, o vírus está mais forte do que nunca e a população não pode se expor. No entanto, não podemos deixar de lembrar que há menos de 20 dias a Prefeitura autorizou o retorno de eventos com até 100 pessoas e o funcionamento dos bares até ás 3 da manhã. Além disso, há menos de 1 semana de decretar lockdown, Wladimir baixou um decreto inserindo igrejas e templos religiosos como atividades essenciais.

Antes de pedir para que a população sossegue o facho, o ideal seria o prefeito e os secretários entenderem que o exemplo vem de cima. Não foram poucas as postagens de Wladimir sem máscara em sua rede social visitando populares nas últimas semanas.

Se o sistema colapsou, a culpa é de todos. Mas as medidas para evitar o problema deveriam vir de cima. A incompetência vem da inércia, da falta de coragem de expor o seu capital político. Para ser prefeito de Campos não pode ser frouxo e ter medo de qualquer desgaste político.

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS