BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

O preço que a Prefeitura de Campos pagará para limpar o nome da mãe do prefeito

Ameixa-659bc44db0d57fb28.gif

Na próxima semana a Câmara de Campos deve votar novamente as contas da ex-prefeita Rosinha Garotinho referente a 2016, o seu último ano de gestão. Quando dizemos ‘novamente’, é pelo fato de que a atual legislatura anulou em fevereiro, na segunda sessão deste ano, uma sessão realizada em 2018, quando os antigos vereadores reprovaram as contas da ex-prefeita, seguindo o parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que naquela ocasião apontou diversas irregularidades naquele ano.

Apesar de confuso e sem muito embasamento jurídico, que inclusive pode causar complicações até mesmo para o presidente do legislativo municipal, as negociações continuam fortes e o prefeito Wladimir Garotinho tem feito o possível – e o impossível – para presentear a sua mãe. Se no âmbito federal é normal que o presidente ofereça emendas para parlamentares em troca de maioria na Câmara, em Campos votos a favor da mãe do prefeito estão sendo trocados por cargos no poder executivo.

- Advertisement -

De acordo com informações obtidas pela equipe do ClickCampos, pelo menos 6 secretarias foram ofertadas para vereadores que ainda estão indecisos, o que vem causando grande desconforto pelo fato de que vereadores que já haviam aceitado votar a favor da mãe de Wladimir tinham negociado o voto de maneira mais ‘simples’, se é que podemos dizer assim, o que pode fazer com que votos que já estavam garantidos sejam mudados na última hora.

Mesmo com toda a confusão nos bastidores, nesta sexta-feira (21), Rosinha afirmou que está confiante, e que a orientação do TCE em reprovar as suas contas se deu pelo fato de que o ex-prefeito Rafael Diniz não apresentou documentos suficientes para provar que a sua administração fez tudo dentro dos conformes. No entanto, a prática apontada por Rosinha vem sendo feita indiscriminadamente pelo seu filho, é o que diz o TCE.

De acordo com documento encaminhado á Prefeitura, onde o TCE notificou Wladimir Garotinho, a atual gestão vem omitindo documentos relacionados a gestão do ex-prefeito Rafael Diniz. Caberia ao atual gestor encaminhar todos os documentos necessários para basear o julgamento do tribunal.

O movimento do filho do casal Garotinho pode sinalizar uma manobra para tentar prejudicar o adversário político, já que em caso de rejeição das contas, Diniz ficaria fora do jogo político nas próximas eleições.

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS