BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

O momento em que a imbecilidade se mistura com a irresponsabilidade

Quem acompanhou qualquer noticiário nesta sexta-feira (27), com certeza ouviu falar de uma carreata de comerciantes, em manifesto contrário ao fechamento do comércio da cidade. A atitude, que em teoria seria até digna, já que “comerciantes” estão percebendo o prejuízo que vão tomar, na verdade se tornou um palanque a céu aberto com discursos boçais e sem o mínimo de coerência, indo contra as indicações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Coerência inclusive ficou longe de alguns deles. Aos gatos pingados, alguns indivíduos que já se lançaram até como pré-candidatos a vereadores fizeram questão de discursar em cima de um trio elétrico endossando o discurso do presidente Jair Bolsonaro. Nada contra, entendo que existem motivos sim para que a vida “volte ao normal”. No entanto, esses mesmos indivíduos faziam coro favorável á quarentena na última segunda-feira, onde em redes sociais criticavam o prefeito Rafael Diniz por “fazer pouco”. Esbravejavam, faziam textos onde “orientavam” o prefeito a fazer lockdown em Campos, sem direito a praticamente nenhum comércio aberto. Já hoje, o coronavírus “virou criação da Globo, dos comunistas e do PT”.




Por incrível que pareça, tinha até “cidadão de bem” indo contra a lei, onde possivelmente será enquadrado no artigo 268, por atentar contra as medidas de vigilância sanitária.

O momento é delicado, independente de qual atitude for tomada pelos governantes alguém sairá no prejuízo. Resta colocar na balança se uma vida vale menos do que a economia, e se devemos fazer como na Itália, onde não foi feito quarentena e chegamos as quase mil mortes apenas nesta sexta-feira. Não é momento de fazer política e autopromoção. Caso queira ser imbecil, não tem problema. Mas seja pelo menos responsável e coerente.




Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.