fbpx

#SigaOCLICK

BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

O maior medo de Anthony Garotinho vai se tornando realidade

O ex-governador Anthony Garotinho, sempre acostumado com bajulações e pedidos de favores, viveu anos terríveis em sua história acumulando prisões e escândalos que ocasionaram no aumento em sua rejeição que fizeram com que o seu apoio seja evitado mais do que o diabo foge da cruz. Pois bem, com esse carrossel de emoções vividos nos últimos anos, o maior líder político da história de Campos percebe que o seu maior pesadelo se tornou uma realidade.

Ao longo de sua trajetória política, o maior medo do ex-governador era chegar em um momento da vida que o poder que sempre foi presente na sua vida chegasse ao fim. E aos poucos Garotinho vai percebendo que o seu maior pesadelo se tornou realidade mais rápido do que ele sempre pensou.

- Advertisement -

Garotinho mente, quando diz em suas redes sociais que não desembarcou do governo do filho. Para desembarcar de algo, é necessário embarcar, e isso não aconteceu porque o seu filho evita qualquer contato do pai com a máquina pública, e não por vontade própria do ex-governador. Wladimir tem medo de ter o mesmo fim da mãe, que foi presa por irresponsabilidade do pai, onde na sede pelo poder eterno, se achou maior até mesmo que a justiça.

A ingerência política de Garotinho, aliás, se faz presente até debaixo do próprio teto. Por conveniência, Clarissa apoia o presidente Bolsonaro. Já o seu filho Anthony, faz questão de ir até em manifestação contra o presidente. Em outros tempos, o pai iria pedir ao filho para evitar movimentações políticas que pudessem prejudicar a família em algum ponto. Nem isso consegue fazer. Além disso, percebe que os seus aliados da velha guarda aos poucos vão o deixando de lado, muito pelo fato de seu filho evitar botar a “turminha do barulho” para dentro do governo.

Seja pelo medo de cair no ostracismo ou por overdose de medicamentos benzodiazepínicos, Garotinho começa a municiar a sua metralhadora de fezes giratória e vai desferindo ataques até mesmo quando não é citado, apenas com o intuito de chamar a atenção e ter o foco da mídia. Mas nessa fase da vida de um político em fim de carreira, seria mais inteligente optar por chamar atenção do psiquiatra e de um geriatra.

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS