fbpx

#SigaOCLICK

BLOG DO FILIPE COUTINHO

Cientista Político e Pesquisador

O Jogo de 6 Pontos de Valdemar com Bolsonaro

 

            “Toda a ação é designada em termos do fim que se procura atingir” já dizia o grande Nicolau Maquiavel que ao escrever o Príncipe, tentava aconselhar como um governante deveria governar. O habilidoso Valdemar da Costa Neto sabe bem como chegar no fim que procura atingir, assim jogou a isca que Bolsonaro mordeu. Que sinuca de bico ficou o Presidente. Bolsonaro precisa se filiar a um partido político para sua reeleição e precisa de uma sigla que tenha apenas um comando e que seja firme, assim como o PL.

                O namoro do PL com Bolsonaro, articulado pelo então Presidente do Partido Valdemar, político que fez carreira por sua capacidade de articulação, encurralou o Capitão. Em reunião com os presidentes estaduais, Valdemar da Costa Neto mandou o recado – “Se Bolsonaro não vier para o partido, os estados estão liberados para caminharem como quiserem”. O PL que tem espaço considerável no governo federal e Bolsonaro tem cobrado Fidelidade nos estados caso fosse para a sigla.

                É notável que muitos partidos queiram a filiação de Bolsonaro, todas as pesquisas apontam que o presidente tem base e estrutura sólida para ir para o segundo turno. O presidente sendo candidato pelo PL aumentaria consideravelmente o numero de deputados eleitos no partido devido aos votos de legenda, além de mais espaço no governo federal e mais fundo eleitoral para as eleições de 2024. Uma jogada habilidosa e calculada de Valdemar. É jogo para 6 pontos meu amigo.

                No Rio de Janeiro o Governador Claudio Castro concorrerá a reeleição pelo PL, partido que no comando do Deputado Federal Altineu Cortes tem feito grandes alianças pelo estado.

Todo conteúdo publicado é de responsabilidade do autor.

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS