BLOG DO MAYCON VIDAL

Opinião, artigos e bastidores da política

Núcleo de filiados do PSOL responde nota de dirigentes do Movimento Negro Unificado

O Núcleo José do Patrocínio, composto por militantes filiados ao Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), publicou uma nota na tarde da última terça (16) respondendo declarações de dirigentes do Movimento Negro Unificado de Campos (MNU). Na nota, os integrantes do núcleo se dizem surpreendidos com a divulgação de prints de conversas “internas e restritas aos membros do Núcleo”, que segundo ele foi retiradas de contexto, “como tentativa de embasar desonestas acusações de racismo”.

A nota expõe um desentendimento durante a elaboração de um manifesto, durante a organização de um ato antirracista realizado na praça São Salvador na última semana, o que teria originado uma discussão interna dentro do Núcleo Jose do Patrocínio, onde foi questionada pelos membros do NPJ a proximidade dos dirigentes do MNU com um grupo político da cidade e foi afirmado por um dos membros do NPJ, de nome Guilherme, que “há denúncias muito sérias” contra o o dirigente do MNU, “por agressão a companheira”. A Afirmação de Guilherme resultou em uma nota do MNU e do casal citado, negando a acusação e exigindo um posicionamento do PSOL.

Procurado pelo Portal ClickCampos, Guilherme deu sua versão dos fatos: “É lamentável que o fragmento de uma conversa restrita tenha sido usado e publicizado de forma distorcida e ilícita na contramão dos meus ideais e luta por justiça, igualdade e equidade. Todos os fatos estão esclarecidos na nota elaborada pelo Núcleo José do Patrocínio.” – Afirmou.

Na nota o NPJ nega que tenha sido feita qualquer afirmação caluniosa por parte de seus membros, critica politicamente o dirigente do MNU citado e reforça a “admiração pelo Movimento Negro Unificado”.

Confira a nota na íntegra abaixo:

 

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.