fbpx

STF dá mais 15 dias para PF concluir investigações sobre homem que ameaçou ministros

Publicado dia

A Polícia Federal (PF) terá mais 15 dias para concluir a investigação sobre o extremista Ivan Rejane Fonte Boa Pinto, que foi preso preventivamente após ameaçar, em vídeos, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Nesta sexta-feira, 5, o ministro Alexandre de Moraes prorrogou o prazo devido a um pedido da própria corporação, que aguarda a finalização da perícia nos equipamentos eletrônicos apreendidos com Pinto. De acordo com a PF, o extremista escolheu permanecer em silêncio durante o depoimento. Pinto foi preso na segunda-feira, 1º, após a polícia apontar indícios de associação criminosa e abolição violenta do Estado Democrático de Direito. Nos vídeos, o extremista afirma que vai invadir o STF e “pendurar os ministros de cabeça para baixo”, além de prometer “caçá-los”.

Últimas notícias

Leia também