fbpx

Marcelo Mérida assina ata de convenção mas partido troca o documento e ex-secretário de Wladimir pode ficar de fora

Publicado dia

Mesmo indo até o Rio de Janeiro e assinando a ata da convenção do União Brasil como candidato, Marcelo Mérida parece ter sido vítima de mais uma manobra política com o dedo de Anthony Garotinho.

Acontece que a ata foi “trocada”, e Marcelo ficou de fora. Isso tudo foi feito a pedido de Anthony Garotinho ao presidente do partido, Waguinho de Belford Roxo. Wladimir Garotinho ainda tentou fazer o partido voltar atrás, mas sem sucesso. A ação pode ser vista até como falsificação de documento público, já que trata-se de um documento assinado, onde tem foto comprovando o ato. Se não for encaminhada para a homologação, possivelmente a situação deve ser judicializada.

- Continua após a propaganda -

E além disso, o governo pode ficar até sem candidato a deputado federal, já que a situação de Garotinho é indefinida, e o ex-governador pode não ser candidato a deputado federal. Mas uma carta na manga pode surgir no PP, onde está filiada a esposa do prefeito, Tassiana Oliveira. Sem opções no governo, ela poderia ser a candidata de Wladimir.

Últimas notícias

Leia também