Nelson Sargento morre no Rio aos 96 anos

-

- Siga o nosso Instagram -

Morreu hoje (27) de covid-19, no Rio de Janeiro, o sambista Nelson Sargento, nome artístico de Nelson Mattos, aos 96 anos de idade. Presidente de honra da Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira, Nelson Sargento foi internado no dia 20, no Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), com quadro de desidratação, anorexia e significativa queda do estado geral. Ao chegar no Inca, foi realizado o teste de covid-19, que deu positivo para a doença, apesar de o sambista ter tomado as duas doses da vacina CoronaVac em 31 de janeiro e 26 de fevereiro deste ano.

No sábado passado (22), ele foi transferido para a UTI, com piora do padrão ventilatório e hipertensão, respirando com auxílio de máscara de oxigênio. Ontem, em nota, o Inca comunicou que o estado de saúde de Sargento era grave e inspirava cuidados. Hoje, também em nota, o Inca informou que “apesar de todos os esforços terapêuticos utilizados, o óbito ocorreu às 10h45 dessa quinta-feira (27)”.

- Informe Publicitário -

O apelido Sargento deriva da mais alta graduação que o cidadão Nelson Mattos alcançou quando serviu ao Exército brasileiro. Foi compositor, cantor, pesquisador da música popular brasileira, artista plástico, ator e escritor.

- Informe Publicitário -

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Informe Publicitário -

MAIS LIDAS

Leia tambémRELACIONADAS
Destaques