Brasil

Mulher é espancada por namorado após seis dias em quarto de motel em SP

A hospedagem de um casal em um motel virou caso de polícia em Caraguatatuba, no interior de São Paulo. Nesta terça-feira (27), a bancária de 29 anos Andressa de Azevedo foi encontrada dentro de um quarto do estabelecimento gravemente ferida. O suspeito, o personal trainer Leandro de Almeida, 37, foi preso em flagrante por tentativa de homicídio.

Segundo informações do G1, os dois ficaram seis dias no Motel Stylus. Como não conseguiam contato com eles, após quebrarem o interfone, funcionários do local conseguiram falar com a vítima pela abertura em que são entregues os pedidos. Ela pediu socorro e, em seguida, a equipe acionou a polícia.

Quando agentes chegaram à suíte, encontraram a mulher desmaiada e com ferimentos pelo corpo. De acordo com a Polícia Civil, o casal passou quase uma semana consumindo bebidas alcoólicas. Antes da prisão, Leandro teve que ser levado para um centro de reabilitação por excesso de consumo de drogas. Após ser liberado, foi encaminhado para audiência de custódia.

“Ele e a jovem ainda não têm condições de prestar esclarecimentos sobre o que pode ter motivado as agressões. Ainda vamos apurar isso. Mas ele foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio por causa da gravidade das lesões”, informou o delegado Jairo Luis Pinto Ponteda, da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), onde o caso foi registrado.

Questionado sobre o caso, o o advogado do agressor, Bruno Romanelli, resistiu à prisão do cliente. Ele ainda afirmou que Leandro sofre de síndrome do pânico e requer cuidados médicos, por isso, teria que ser internado em uma clínica. Romanelli também acrescentou que o caso deveria ser considerado apenas como lesão corporal.

Comente com o seu Facebook
Mulher é espancada por namorado após seis dias em quarto de motel em SP

To Top
error: Conteúdo protegido.