Motoristas e cobradores de ônibus de Campos cruzaram os  braços na manhã desta terça(22), e iniciaram uma greve por tempo indeterminado devido a atraso no pagamento dos salários. Segundo os rodoviários, na maior parte do dia, deverá circular apenas 30% da frota de ônibus das empresas que atuam no município. Amanhã, no entanto, não garantem nem os 30% que são exigidos por lei.

“Estamos reivindicando o pagamento do nosso salário, que está quase completando dois meses de atraso, além da segunda parcela do 13º. Além disso, tem funcionário que entrou de férias e não recebeu, e as empresas não dão satisfação. Nós não culpamos a prefeitura, nós culpamos as empresas”, disse um trabalhador que não quis se identificar.

Os trabalhadores denunciam ainda que não estão recebendo hora extra e que o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) não está sendo depositado por algumas empresas. Eles relatam que muitos deles já estão passando necessidade.

O fato curioso, é que a categoria decidiu parar as atividades exatamente no dia que começa o cadastramento para o novo Cartão Cidadão, que foi anunciado pela Prefeitura de Campos.

Foto: Filipe Lemos
Comente com o seu Facebook
COMPARTILHAR